Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Domingo, 19 de Maio de 2024
rcwtv
rcwtv

Política

Justiça manda que postagem de Jean Wyllys sobre Leite seja excluída

Justiça também determinou quebra do sigilo em dados do ex-deputado

Simone Carvalhal
Por Simone Carvalhal
/ 274 acessos
Justiça manda que postagem de Jean Wyllys sobre Leite seja excluída
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O deputado federal Jean Wyllys recebeu, nesta quarta-feira(26/07) a determinação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul(TJ-RS) para excluir publicação na qual ele diz que o governador do RS, Eduardo Leite (PSDB), tem fetiche por autoritarismo e homofobia internalizada. Wyllys fez as falas polêmicas depois de o tucano anunciar as escolas cívico-militares no estado.

Em outras palavras ele disse que Leite estaria provocando fetiches e libido em gays através do uniformes das escolas cívico militares e usando a autoridades delas para incursionar autoritarismo, como foi relatado pela rcwtvj.

Dissemos: Um absurdo! partindo desse princípio tudo gera fetiche e estimula libido de gays. 

Leia Também:

Na decisão emitida nesta quarta-feira, a juíza Rosália Heiyer considerou que a publicação ¨extrapolou uma crítica ao governo¨.

Diante do posicionamento do governador, Wyllys lançou indiretas sobre a sexualidade do político, que é assumidamente homossexual.

¨Que governadores héteros de direita e extrema-direita fizessem isso já era esperado. Mas de um gay...? Se bem que gays com homofobia internalizada em geral desenvolvem libido em relação ao autoritarismo e aos uniformes; se for branco e rico, então¨,escreveu o ex-parlamentar.

 

¨A manifestação, em tese, feita pelo suspeito Jean Wyllys, por meio da rede social Twitter, extrapolou uma crítica ao governo(o que, diga-se seria plenamente possível, já que constitui um dos pilares da Democracia e liberdade de expressão), sendo possível extrair do conteúdo da postagem ataques pessoais ao Governador do Rio Grande do Sul, no pertinente a sua sexualidade¨, afirmou a magistrada.

Conforme consta em processos do Ministério Público do Rio Grande do Sul(MP-RS), Jean Wyllys agiu de ¨forma criminosa ao publicar ofensas homofóbicas à pessoa do governador¨. O ex-deputado é acusado de injúria contra funcionário público e por incitar prática discriminatória.

Veredictos como esses nos faz pensar que existe justiça.

 

Comentários:
Simone Carvalhal

Publicado por:

Simone Carvalhal

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )