Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Domingo, 16 de Junho de 2024
rcwtv
rcwtv

Juiz de Fora

Projeto de Gratuidade no Transporte Público Tramita na Câmara Municipal de Juiz de Fora

Vereadores avaliam proposta para tarifa zero nos domingos e feriados

Redação
Por Redação
/ 520 acessos
Projeto de Gratuidade no Transporte Público Tramita na Câmara Municipal de Juiz de Fora
Web
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Os vereadores da Câmara Municipal de Juiz de Fora estão atualmente em discussão sobre um importante Projeto de Lei (PL) que pode trazer grandes mudanças para o transporte público no município. O PL em questão visa estabelecer a gratuidade no transporte coletivo, proporcionando aos cidadãos a oportunidade de utilizar o serviço sem custos em determinados dias da semana.

Segundo informações obtidas, o projeto já passou por diversas etapas de análise e encontra-se em fase de aguardo para receber a assinatura dos 19 vereadores vigentes. Entretanto, há resistência por parte de alguns parlamentares, o que tem gerado debates intensos em relação ao futuro da proposta.

Tarifa zero nos domingos e feriados

Caso seja aprovado, o Projeto de Lei trará uma mudança significativa no sistema de transporte público de Juiz de Fora. A principal medida estabelecida no texto é a implementação da tarifa zero para passagens aos domingos e feriados, permitindo que os cidadãos possam se deslocar pela cidade sem a necessidade de pagar pela utilização dos ônibus.

Leia Também:

O objetivo dessa iniciativa é facilitar o acesso à mobilidade urbana nos dias de descanso e lazer, beneficiando especialmente aqueles que dependem do transporte público para atividades cotidianas e também para o acesso a serviços essenciais em feriados.

Próximos passos e papel da Prefeita Margarida Salomão

Caso o Projeto de Lei seja aprovado por unanimidade pelos vereadores e passe por todas as etapas legislativas necessárias, ele será encaminhado para a sanção da prefeita Margarida Salomão. Como a chefe do executivo municipal, ela terá o poder de sancionar o PL, tornando-o uma lei válida e efetiva no município.

No entanto, se houver divergências ou resistência em relação ao projeto, a prefeita também terá o poder de vetá-lo, impedindo sua implementação. Nesse caso, o PL poderá retornar à Câmara Municipal para possíveis ajustes e novas deliberações.

Receba notícias da RCWTV no Whatsapp e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site! Participe do nosso grupo:https://chat.whatsapp.com/EeSJvQx8kVA3J3kMmSevMw

FONTE/CRÉDITOS: Ricardo Ribeiro
Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )