Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Segunda-feira, 22 de Julho de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Tecnologia

Pesquisadores Pedem Ações Urgentes para Combater Crise Nutricional entre Yanomami

Estudo da Unicamp destaca grave desnutrição infantil em comunidade indígena e alerta para consequências a longo prazo

João Vítor Fonseca
Por João Vítor Fonseca
/ 162 acessos
Pesquisadores Pedem Ações Urgentes para Combater Crise Nutricional entre Yanomami
Em 2022, 52,2% dos indivíduos menores de 5 anos estavam desnutridos, um número muito acima da média global, de 29,1% (foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Um estudo publicado na revista Nature Medicine por cientistas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) revela uma situação alarmante entre a população Yanomami. As crianças dessa etnia enfrentam os déficits nutricionais mais severos entre as populações indígenas das Américas, com impactos significativos para a saúde a longo prazo.

Alerta para a Desnutrição Grave

O artigo, assinado por Thiago dos Reis Araujo, Ana Paula Davel e Everardo Magalhães Carneiro, destaca que aproximadamente 570 crianças Yanomami morreram de fome nos últimos quatro anos. Em 2022, 52,2% das crianças menores de cinco anos estavam desnutridas, número muito superior à média global de 29,1%. Essas descobertas foram feitas pelo Centro de Pesquisa em Obesidade e Comorbidades (OCRC) da Unicamp, com apoio da FAPESP.

Leia Também:

Impactos de Longo Prazo

Os pesquisadores alertam que a desnutrição infantil pode causar danos duradouros à saúde, aumentando o risco de doenças crônicas na idade adulta, mesmo após a reabilitação nutricional. “A desnutrição durante estágios críticos de desenvolvimento pode prejudicar a formação e o funcionamento de vários órgãos, aumentando a vulnerabilidade a doenças na vida adulta”, explica Magalhães Carneiro.

Hipótese do Fenótipo Poupador

A hipótese do “fenótipo poupador” sugere que a desnutrição em fases críticas do desenvolvimento, como a vida intrauterina e a primeira infância, pode levar a deficiências permanentes. Essa teoria é corroborada por dados históricos da “fome holandesa” de 1944-1945, onde a desnutrição resultou em problemas de saúde de longo prazo para os afetados.

Necessidade de Ações Imediatas

O estudo enfatiza a necessidade urgente de ações estratégicas para mitigar as consequências da desnutrição entre os Yanomami. Além de melhorar a nutrição, é crucial proteger o território e implementar uma gestão ambiental eficaz para controlar a mineração ilegal e a exploração de recursos naturais. As intervenções devem ser culturalmente adaptadas e estendidas às áreas próximas às comunidades Yanomami.

Chamado à Ação

Os autores conclamam governos, universidades, institutos de pesquisa e agências de financiamento a unificar esforços para enfrentar essa crise. “É essencial que qualquer intervenção nutricional seja cuidadosamente planejada e culturalmente adaptada, além de incluir estratégias de proteção territorial e gestão ambiental”, afirma o estudo.

Para mais informações, leia o artigo completo: Life-long health consequences of undernutrition in the Yanomami indigenous population in Brazil.

Mantenha seus amigos informados... Compartilhe esta matéria!

Acesse o nosso site e receba notícias da RCWTV no Whatsapp. Participe do nosso grupo e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site!

Curta e siga nossas redes sociais.

FONTE/CRÉDITOS: Agência FAPESP
Comentários:
João Vítor Fonseca

Publicado por:

João Vítor Fonseca

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )