Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Quarta-feira, 24 de Abril de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Região

Municípios registram ocupação hoteleira de mais de 90% no feriado de Tiradentes

A Semana da Inconfidência é uma realização do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, em parceria com as prefeituras de Ouro Preto e de Tiradentes.

Redação
Por Redação
Municípios registram ocupação hoteleira de mais de 90% no feriado de Tiradentes
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A grande movimentação de pessoas entre os dias 21 e 23 de abril elevou a taxa de ocupação hoteleira para até mais de 90% em algumas cidades de Minas Gerais. Ouro Preto, onde as comemorações do Dia de Tiradentes são tradição e acontecem há mais de 70 anos, a ocupação chegou a cerca de 100%. 

Pela primeira vez, Ouro Preto sediou uma vasta programação concebida dentro da Semana da Inconfidência, projeto inédito que levou atividades e atrações culturais para as escolas, bairros, museus, além do centro da cidade. Tiradentes, município cujo nome homenageia o alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, também integrou essa iniciativa que marca o início de uma nova proposta para as celebrações do 21 de abril, a partir de uma uma abordagem diversa e descentralizada.

A Semana da Inconfidência é uma realização do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, em parceria com as prefeituras de Ouro Preto e de Tiradentes.

Leia Também:

De acordo com os dados aferidos pelo Observatório do Turismo de Minas Gerais, o feriado prolongado trouxe para alguns municípios, como Ouro Preto, um crescimento de 80% na taxa de ocupação hoteleira no comparativo com 2022. Além disso, quase a metade dos municípios mineiros tiveram uma ocupação acima de 60%. Isso significa mais geração de emprego e renda, estimulando toda a cadeia do turismo e da economia da criatividade. 

A secretária-adjunta de Cultura e Turismo, Milena Pedrosa, ressalta a importância de iniciativas como a Semana da Inconfidência, que, por meio da transversalidade entre arte, cultura e educação, fomentam o turismo e impulsionam o desenvolvimento social, econômico e cultural do estado.  

“Celebrar essa data com uma programação intensa em Ouro Preto e em Tiradentes é um marco para o nosso estado. Pela primeira vez, nós unimos essas duas cidades que estão conectadas pela memória da Inconfidência, cujo mártir, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, nos lembra da importância desse movimento não só para Minas Gerais mas para o Brasil. Nós comemoramos ao longo desses dias, a democracia, a liberdade, mas também a nossa mineiridade, a nossa cozinha mineira, os nossos artistas, de maneira vibrante e diversa. Ao criarmos a Semana da Inconfidência fortalecemos todos esses elos que trazem inúmeras contribuições ao desenvolvimento do nosso estado, especialmente, a partir do estímulo à atividade turística que, em Minas Gerais, nós sabemos é baseada principalmente no turismo cultural”, acrescenta.

Ouro Preto
Em Ouro Preto, aproximadamente 12 mil pessoas participaram das atividades da Semana da Inconfidência. Foram mais de 250 profissionais envolvidos – entre artistas, técnicos e produtores – nas cerca de 50 atividades culturais ligadas a projetos, como Festival de História, Estação das Histórias, Sextas Abertas da Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop), Eco das Artes, Escola de Música e Casa de Arte Samba Preto. 

Durante oito dias, moradores e turistas de Ouro Preto se conectaram por meio das artes, história, educação e cultura com vários territórios da cidade. Seis instituições públicas de ensino de Ouro Preto, incluindo a Escola Estadual do distrito de Antônio Pereira, também receberam atrações de contação de história e oficina de música, por meio das sonoridades e ritmos do tambor. 

Na simbólica Praça Tiradentes, a programação foi encerrada com a potência da música mineira, com a Orquestra de Câmara Sesc e o show “4 Irmãos”, de Lô Borges, Telo Borges, Flávio Venturini e Cláudio Venturini. 

Tiradentes
Na cidade de Tiradentes, aproximadamente 30 mil pessoas passaram pelo Largo das Forras, onde foi montado o espaço Mineiridade. O local foi vitrine para os queijos mineiros, os cafés e as quitandas, que foram apreciadas por moradores e turistas. O público também pôde aprender sobre o preparo das iguarias através de cursos de torra de café, maturação de queijos e harmonização com vinhos, dentre outros.

O Largo das Forras também serviu de palco para diversas atrações culturais, como show do violeiro Chico Lobo, apresentação do Quinteto Bravíssimo e intervenções teatrais. A cidade ainda contou com ato cívico no Largo do Sol, hasteamento da bandeira, desfile das escolas municipais e shows da banda do exército e banda Ramalho, que entoaram os cânticos da liberdade tradicionais da Inconfidência Mineira.

Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )