Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Terça-feira, 23 de Julho de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Saúde

Campanha Outubro Rosa destaca importância da prevenção do câncer de mama e de colo do útero

Mulheres devem buscar informações e agendar exames preventivos nas unidades básicas de saúde

Carlos Aquino
Por Carlos Aquino
/ 134 acessos
Campanha Outubro Rosa destaca importância da prevenção do câncer de mama e de colo do útero
Conrado Age/AEN
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A Secretaria de Estado de Minas Gerais (SES-MG) lançou a campanha Outubro Rosa, que ocorre de 4 a 13 de outubro em todo o estado. Seu propósito é disseminar informações vitais, enfatizar a necessidade de cuidados médicos especializados e incentivar a realização dos exames de mamografia e Papanicolaou, cruciais para a detecção precoce desses tipos de câncer, aumentando as chances de cura em até 90%.

Em 2022, o câncer de mama foi a principal causa de morte entre as mulheres em Minas Gerais, com um total de 1.793 óbitos. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima 7.670 novos casos de câncer de mama em mulheres mineiras em 2023, com uma taxa bruta de 69,80 casos por 100 mil mulheres. Por sua vez, o câncer de colo de útero ocupa o terceiro lugar na lista de causas de morte por câncer em mulheres no Brasil. O Inca calcula 1.670 novos casos em 2023, com uma taxa bruta de 15,17 casos por 100 mil mulheres em Minas Gerais.

O SUS oferece exames diagnósticos e tratamento gratuitos para esses tipos de câncer. A Unidade Básica de Saúde orienta e acolhe as pacientes de acordo com suas necessidades. Dados do Sistema de Informações de Câncer (Siscan) indicam que, entre 2019 e 2023, 1.650.407 mulheres realizaram o exame de mamografia em Minas Gerais. Em 2022, foram realizados 423.333 exames, e de janeiro a junho de 2023, foram feitos 176.966 exames.

Leia Também:

A SES-MG está destinando R$ 77.012.032 para a aquisição de mamógrafos em cerca de 60 estabelecimentos de saúde no estado. Os procedimentos estão em conformidade com o cronograma, e os municípios estão aderindo à iniciativa. O tratamento de câncer de mama e colo de útero pelo SUS inclui radioterapia, quimioterapia, hormonioterapia e tratamento com anticorpos, bem como cirurgias como mastectomias, cirurgias conservadoras e reconstrução mamária. Esses tratamentos podem envolver uma ou várias modalidades combinadas.

As mulheres entre 25 e 64 anos são orientadas a realizar o exame preventivo (Papanicolaou) a cada três anos. O exame é essencial para identificar e tratar precocemente as alterações nas células do colo do útero, com alto potencial de cura. O principal fator de risco para o câncer de colo de útero é a infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV), uma infecção sexualmente transmissível comum em todo o mundo.

 

Se você achou esta matéria interessante e relevante, compartilhe com seus amigos e familiares.

Para receber as principais notícias do dia na palma da sua mão, participe do nosso grupo no WhatsApp. Lá, você terá acesso a atualizações em tempo real. Não perca tempo, junte-se a nós agora.

Comentários:
Carlos Aquino

Publicado por:

Carlos Aquino

Cursando Jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )