Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Terça-feira, 21 de Maio de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Geral

Fórum da Cultura

Faculdade de Direito

Mauricio Lima Corrêa Historiador e Pesquisador
Por Mauricio Lima Corrêa...
/ 658 acessos
Fórum da Cultura
Acervo Simón Eugénio Sáenz Arévalo  
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Fotografia do Blog Mauricio Resgatando o Passado a Historia de Juiz de Fora
http://mauricioresgatandoopassado.blogspot.com/

Fórum da Cultura
Rua Santo Antonio - 1112
O prédio do Fórum da Cultura foi construído pelo Doutor Clóvis Guimarães Mascarenhas para fins residenciais. Sua fachada ostentava o nome Villa Ceci em homenagem à esposa do proprietário, Cecília Schlobach Procópio Vale Guimarães. Clóvis, filho de Bernardo Mascarenhas, dirigiu a Cia. Fiação e Tecelagem Bernardo Mascarenhas e fundou o Jornal Gazeta Comercial. Faleceu em 1973.
Antes disso, em 1928, a residência foi vendida ao comerciante Roque Domingues de Araújo, fundador da grande rede Casas Carcacena e cafeicultor na Fazenda Santa Helena. Falecido em 1937, deixou viúva Hercília Teixeira Cortes de Araújo que, em 8 de Janeiro de 1953, vendeu a propriedade à Faculdade de Direito, representada, na compra, pelo seu diretor o professor Benjamim Colucci.
Para abrigar a Faculdade, os Irmãos Damasceno-Construtores ergueram um anexo. A nova edificação não seguiu as linhas requintadas do casarão. Sua finalidade era abrigar as salas de aula e, no terceiro andar, o Salão Nobre com 247 cadeiras, mais tarde transformado em teatro. Em 1960, instalou-se, na faculdade, a primeira sala de reitor da UFJF, ocupada pelo Prof. Moacyr Borges de Mattos.
A Faculdade de Direito permaneceu no espaço até 28 de Agosto de 1971, quando foi transferida para o Campus Universitário. No reitorado do Prof. Gilson Salomão foi criado o Fórum da Cultura.
Em 30 de julho de 1972, o Grupo Divulgação inaugurou o Teatro, com a peça A Morta, de Oswald de Andrade. Hoje, permanecem no casarão o Centro de Estudos Teatrais (CET) – Grupo Divulgação, o Museu de Cultura Popular, a Galeria de Arte e o Coral Universitário.
Texto Fonte: http://www.ufjf.br/forumdacultura/patrimonio/casarao/
Acervo Simón Eugénio Sáenz Arévalo  

FONTE/CRÉDITOS: https://mauricioresgatandoopassado.blogspot.com/search/label/Curiosidades
Comentários:
Mauricio Lima Corrêa Historiador e Pesquisador

Publicado por:

Mauricio Lima Corrêa Historiador e Pesquisador

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )