Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Quarta-feira, 17 de Abril de 2024
rcwtv
rcwtv

Esporte

Torcidas organizadas Máfia Azul e Galoucura são banidas após confronto em Belo Horizonte

Torcidas estão proibidas de frequentar estádios e seus entornos nos dias de jogos

Ronã Guilherme
Por Ronã Guilherme
Torcidas organizadas Máfia Azul e Galoucura são banidas após confronto em Belo Horizonte
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

As Torcidas Organizadas Máfia Azul e Galoucura foram banidas temporariamente pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) após um confronto no último final de semana em Belo Horizonte, que resultou na morte de um dos envolvidos e ferimentos em outros dois torcedores.

Segundo a recomendação expedida pelo promotor de Justiça Fernando Ferreira Abreu, do Procon-MG, as torcidas estão proibidas de frequentar estádios e seus entornos nos dias de jogos, respeitando um raio de cinco mil metros, por um período de dois anos.

A Galoucura, que havia sido punida anteriormente com um ano de banimento, seguido de três meses, estará temporariamente banida até 4 de março de 2026. Já a Máfia Azul, que enfrentava uma punição até março de 2026, cumprirá o novo banimento de 15 de março de 2026 a 15 de março de 2028.

Leia Também:

Durante esse período, as torcidas estão proibidas de utilizar qualquer vestimenta, faixa, bandeira, instrumento musical ou objeto que possa identificá-las nos estádios ou entornos nos dias de jogos. A medida requer a ratificação da Federação Mineira de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol.

O promotor Fernando Abreu destacou que as desavenças entre as torcidas organizadas têm gerado transtornos à ordem pública e insegurança à sociedade ao longo dos anos. Ele sugeriu a criação de um cadastro nacional de torcedores suspensos ou impedidos de frequentarem eventos esportivos.

Além disso, Abreu enviou ofícios ao procurador-geral de Justiça e ao Conselho Nacional de Justiça propondo a criação de um grupo especializado para combater a criminalidade associada a eventos de futebol e o desenvolvimento do Banco Nacional de Torcedores Suspensos/Banidos.

O MPMG ressaltou que a medida aplicada tem caráter cautelar e será reavaliada após o exercício do direito de defesa das torcidas, que têm até trinta dias para se manifestarem. Enquanto isso, un inquérito civil em tramitação busca coletar dados relacionados à violência sistêmica das torcidas organizadas.

Mantenha seus amigos informados... Compartilhe esta matéria!
 
Acesse o nosso site e receba notícias da RCWTV no Whatsapp. Participe do nosso grupo e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site!

Curta e siga nossas redes sociais.

Comentários:
Ronã Guilherme

Publicado por:

Ronã Guilherme

Aluno do curso de Jornalismo da Universidade Estácio de Sá.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )