Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Segunda-feira, 22 de Julho de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Giro de Notícias

“Queijo Minas Artesanal: Tradição, Sabor e Reconhecimento Internacional”

“Conheça a história, o processo de produção e a busca pelo reconhecimento da Unesco”

Jordana Alves
Por Jordana Alves
/ 121 acessos
“Queijo Minas Artesanal: Tradição, Sabor e Reconhecimento Internacional”
Emater-MG
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

É realmente empolgante saber que o Queijo Minas Artesanal está sendo considerado para o reconhecimento como Patrimônio Histórico Imaterial da Humanidade pela Unesco! A dedicação contínua dos produtores e das autoridades de Minas Gerais é admirável. Esperamos ansiosamente pelo resultado no final do ano.

O Queijo Minas Artesanal é um ícone da culinária mineira, produzido em diversas regiões do estado, como Serro, Canastra e Araxá. Reconhecido como Denominação de Origem Protegida (DOP), esse queijo é feito de forma artesanal, utilizando leite cru e técnicas tradicionais de fabricaçãoOs produtores de queijo precisam estar registrados no serviço de inspeção estadual, realizado pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), e cumprirem as normas de boas práticas agropecuárias e boas práticas de fabricação artesanal. Com o leite cru como base, o queijo Minas Artesanal passa por etapas de adição de fermento natural, coagulante e coalho. Depois, é salgado, ganha forma e é submetido a altas temperaturas. A maturação é uma das etapas mais importantes para garantir o sabor característico desse queijoAlém disso, Minas Gerais aguarda o resultado do pleito junto à Unesco para reconhecer o Queijo Minas Artesanal como Patrimônio Histórico Imaterial da Humanidade, preservando assim os conhecimentos e técnicas desenvolvidos por pequenos produtores rurais ao longo dos últimos três séculos. Que delícia, não é mesmo?

  • Evento na França: Uma comitiva do governo de Minas Gerais, liderada pelo vice-governador Professor Mateus, está na França para promover a culinária, turismo e cultura do estado. Destaque para o Queijo Minas Artesanal, com eventos realizados na embaixada do Brasil em Paris, incluindo degustação de queijos das regiões da Canastra, Serro e Cerrado.

    Leia Também:

  • Objetivo na França: Além da promoção cultural, a comitiva está visitando queijarias e pontos de comercialização na França, aprendendo sobre estratégias de comercialização de queijos artesanais, um setor onde a França é referência global.

  • Reconhecimento da Unesco: Minas Gerais aguarda o resultado da candidatura do Queijo Minas Artesanal como Patrimônio Histórico Imaterial da Humanidade pela Unesco. As articulações começaram em 2022, com a entrega do dossiê em 2023, e o resultado é esperado até o final do ano.

  • Participantes da delegação: Além do vice-governador, a comitiva inclui representantes de várias entidades e instituições ligadas ao turismo, cultura e agricultura de Minas Gerais.

Este esforço visa não apenas promover os queijos artesanais de Minas Gerais internacionalmente, mas também garantir seu reconhecimento e preservação histórica.

Receba notícias da RCWTV no Whatsapp e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site!

Participe do nosso grupo: https://chat.whatsapp.com/EeSJvQx8kVA3J3kMmSevMw

FONTE/CRÉDITOS: Emater-MG
Comentários:
Jordana Alves

Publicado por:

Jordana Alves

ESTUDANTE DE JORNALISMO SUPERIOR

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )