Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Domingo, 14 de Julho de 2024
rcwtv
rcwtv

Região

Epamig e Embrapa Café divulgam resultados de avaliação de novas cultivares de café em Minas Gerais

As unidades demonstrativas estão sendo analisadas por pesquisadores das instituições para estimar a safra e o potencial produtivo das cultivares avaliadas

Ronã Guilherme
Por Ronã Guilherme
/ 92 acessos
Epamig e Embrapa Café divulgam resultados de avaliação de novas cultivares de café em Minas Gerais
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e a Embrapa Café apresentou os primeiros resultados do projeto de avaliação de novas cultivares de café para o estado. As unidades demonstrativas, agora em fase de produção, estão sendo analisadas por pesquisadores das instituições para estimar a safra e o potencial produtivo das cultivares avaliadas.

O coordenador do projeto, Gladyston Carvalho, da Epamig, destaca a abrangência das atividades programadas para o primeiro semestre, que incluem cinco dias de campo em diferentes regiões de Minas Gerais. “Iniciamos 2024 com um dia de campo em São Roque de Minas, na região da Serra da Canastra, no dia 28/2, e já temos outros quatro previstos, dois em abril, Matas de Minas e Campo das Vertentes e dois em maio, Noroeste e Sul de Minas. Estes são os primeiros dias de campo com as plantas já com café, em fase produção”, afirma.

No dia de campo realizado em São Roque de Minas, na região da Serra da Canastra, os participantes puderam conferir as projeções para a safra 2023/2024 e observar o potencial produtivo das cultivares em fase de produção. Os pesquisadores destacaram a diversidade de resultados, com produtividade variando de pouco mais de 50 sacas para as cultivares menos produtivas até 100 sacas por hectare.

Leia Também:

O projeto, intitulado "Validação de cultivares de cafeeiros e transferência de tecnologias para as regiões cafeeiras de Minas Gerais", conta com o apoio financeiro da Fapemig/Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) e do Consórcio de Pesquisa do Café. A iniciativa busca identificar as variedades de café mais adequadas às diferentes condições climáticas, de solo e relevo presentes no estado.

Desde o final de 2021, foram implantadas 42 unidades demonstrativas em 41 municípios de diversas regiões de Minas Gerais. Cada propriedade participante plantou 1,6 mil mudas produzidas a partir de sementes qualificadas selecionadas pela equipe do projeto. Os produtores assumiram o compromisso de tornar suas áreas uma vitrine para a disseminação das experiências entre os cafeicultores locais.

O sucesso do projeto é atribuído à colaboração entre produtores, revendas, cooperativas de café e instituições de pesquisa. A supervisão de campo e o acompanhamento das lavouras são realizados em parceria, garantindo o sucesso e a abrangência das atividades em todas as regiões produtoras de café de Minas Gerais.

Mantenha seus amigos informados... Compartilhe esta matéria!
 
Acesse o nosso site e receba notícias da RCWTV no Whatsapp. Participe do nosso grupo e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site!

Curta e siga nossas redes sociais.

Comentários:
Ronã Guilherme

Publicado por:

Ronã Guilherme

Aluno do curso de Jornalismo da Universidade Estácio de Sá.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )