Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Saúde

Congresso em BH debate desafios na vacinação em Minas e no Brasil

Evento reúne especialistas para discutir estratégias e aumentar taxas vacinais

Carlos Aquino
Por Carlos Aquino
Congresso em BH debate desafios na vacinação em Minas e no Brasil
Rafael Mendes / SES-MG
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O Brasil, apesar de possuir um programa de imunização reconhecido mundialmente, enfrenta uma redução nas taxas de cobertura vacinal nos últimos anos. Este cenário preocupa as autoridades de saúde, comprometendo a imunidade coletiva e aumentando o risco de ressurgimento de doenças já erradicadas. Minas Gerais, com índices próximos aos do período pré-pandemia, também busca soluções para elevar as taxas vacinais.

Com o intuito de discutir estratégias e promover o compartilhamento de conhecimento, o Congresso Brasileiro "Defesa da vacinação: desafios e estratégias" reúne 650 participantes, incluindo representantes do Ministério da Saúde, Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), Fiocruz, conselhos municipais de saúde, Conselho de Secretários Municipais de Saúde, pesquisadores, professores e estudantes. O evento ocorre nesta terça (21) e quarta-feira (22) em Belo Horizonte e é organizado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisa em Vacinação (Nupesv) da Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Integrando as comemorações dos 90 anos da Escola de Enfermagem e dos 50 anos do Programa Nacional de Imunizações (PNI), o congresso aborda temas essenciais para o fortalecimento da imunização no país. Na abertura, o subsecretário de Vigilância em Saúde da SES-MG, Eduardo Prodoscimi, destacou a parceria com o Nupesv na realização da pesquisa "Estratégias para o Aumento de Coberturas Vacinais em Crianças Menores de Dois Anos e Adolescentes no Estado de Minas Gerais, Brasil: uma pesquisa-ação".

Publicidade

Leia Também:

A pesquisa, iniciada em 2021, identificou que mais de 80% dos 212 municípios estudados apresentavam alto risco para a transmissão de doenças preveníveis por vacinas em crianças até dois anos. Esses resultados orientaram as intervenções estaduais para melhorar os índices vacinais.

Prodoscimi ressaltou a parceria entre o sistema de saúde e a academia como fundamental para ampliar as coberturas vacinais, garantindo a imunização de todos os mineiros. Além disso, mencionou o projeto "Vacina Mais Minas", que disponibiliza mais de 150 vacimóveis aos municípios, facilitando o acesso da população à vacina.

A coordenadora do Nupesv, Fernanda Penido, destacou a importância da parceria entre a SES-MG e a academia para encontrar estratégias eficazes na melhoria das coberturas vacinais. No evento, foi anunciado o lançamento do Observatório de Pesquisa e Estudos em Vacinação (Opesv) e apresentadas experiências exitosas de oito municípios mineiros direcionadas ao aumento da cobertura vacinal.

O Congresso, que vai até quarta-feira (22/11), abrange palestras, sessões sobre experiências exitosas municipais e apresentação de trabalhos científicos, buscando contribuir para o fortalecimento do programa de imunização no Brasil.

 

Se você achou esta matéria interessante e relevante, compartilhe com seus amigos e familiares.

Para receber as principais notícias do dia na palma da sua mão, participe do nosso grupo no WhatsApp. Lá, você terá acesso a atualizações em tempo real. Não perca tempo, junte-se a nós agora.

Comentários:
Carlos Aquino

Publicado por:

Carlos Aquino

Cursando Jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )