Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 18 de Maio de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Geral

EXPLOSÃO NA FEEA ATUAL IMBEL

Inauguração do Obelisco como monumento em homenagem às 13 vítimas fatais da explosão

Mauricio Lima Corrêa Historiador e Pesquisador
Por Mauricio Lima Corrêa...
/ 398 acessos
EXPLOSÃO NA FEEA ATUAL IMBEL
Acervo Maria José Silvério De Assis Silvério
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Fotografia do Blog Mauricio Resgatando o Passado a Historia de Juiz de Fora 
http://mauricioresgatandoopassado.blogspot.com/

EXPLOSÃO NA FEEA ATUAL IMBEL
Inauguração do Obelisco como monumento em homenagem às 13 vítimas fatais da explosão
Em 1944, durante a Segunda Guerra Mundial, uma tragédia, em Juiz de Fora, dividiu as manchetes dos jornais com as notícias do campo de batalha na Europa. Foi a explosão, nos paióis da FEEA - Fábrica de Espoletas e Armamentos - localizada em Benfica. O acidente tirou a vida de muitos e mutilou outros tantos trabalhadores da cidade. Ao todo, foram 14 mortos, além de vários feridos gravemente, naquele que foi, sem dúvida alguma, a maior tragédia já registrada em Juiz de Fora nestes 150 anos. A explosão levou para os ares os galpões da FEEA e foi ouvida em quase todo o município. Além disso, chegou a quebrar vidraças de casas no centro da cidade, numa distância de mais de 15 quilômetros do local da explosão. Como era época da Guerra Mundial, chegaram a falar em sabotagem, espionagem. Mas, na realidade, nunca se apurou se isto era realmente verdade ou não. O sepultamento dos 14 mortos aconteceu no Cemitério Municipal e, literalmente, parou a cidade. As pessoas que testemunharam o fato ainda se lembram, nos dias de hoje, da tristeza que se abateu sobre a população. Aquelas que trabalhavam na FEEA, naquela época, chegam a chorar ao recordar este momento de tristeza da história de Juiz de Fora. Atualmente, no local, está sediada a fábrica da Imbel, que passa por alterações trabalhistas, podendo, inclusive, ser privatizada.
Foto foi tirada em 07 de março de 1945, no interior da atual IMBEL
Nesse dia estava sendo inaugurado um obelisco como monumento em homenagem às 13 vítimas fatais da explosão ocorrida no ano anterior na antiga Fábrica de Estojos e Espoletas de Artilharia do Exército - FEEA
Essa foi a maior tragédia da história de Juiz de Fora
Acervo Maria José Silvério De Assis Silvério

FONTE/CRÉDITOS: http://mauricioresgatandoopassado.blogspot.com/search/label/Curiosidades
Comentários:
Mauricio Lima Corrêa Historiador e Pesquisador

Publicado por:

Mauricio Lima Corrêa Historiador e Pesquisador

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )