Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Quinta-feira, 23 de Maio de 2024
rcwtv
rcwtv

Geral

Bússola Negra para Juiz de Fora

Um exemplo de líder comunitário

Alexandre Müller Hill Maestrini
Por Alexandre Müller Hill...
/ 341 acessos
Bússola Negra para Juiz de Fora
Bússola
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O sorridente Negro Bússola é um líder comunitário, produtor cultural e gestor de recursos que tinha e tem um sonho: ser vereador e quem sabe um dia prefeito em Juiz de Fora, representando as causas sociais, culturais e ambientais que defende. Ele se candidatou a vereador pela primeira vez em 2016 e surpreendeu a todos com a sua votação expressiva: 3.996 votos, sendo o 11º mais votado entre os 589 candidatos. Porém, ele não foi eleito, pois o seu partido não atingiu o quociente eleitoral necessário.

Mas ele não desistiu do seu sonho e se candidatou novamente a vereador em 2020, fazendo uma campanha limpa, honesta e popular, usando as redes sociais e o boca a boca para divulgar as suas propostas. Bússola contou com o apoio de muitos amigos, familiares e admiradores do seu trabalho. No dia da eleição estava confiante e acompanhou a apuração dos votos com ansiedade e emoção. Ele viu o seu nome subir no ranking dos mais votados, até chegar ao quarto lugar, com 5.085 votos, mas ele quase não acreditava no que via, finalmente tinha conseguido o cargo de vereador e realizado um de seus sonhos.

Publicidade

Leia Também:


Ele abraçou sua esposa, sua filha, seus companheiros de campanha e agradeceu a Deus, aos seus ancestrais e aos seus eleitores. Bússola chorou de alegria e gratidão e estava pronto para assumir o seu mandato e fazer história na Câmara Municipal. Mas a sua felicidade durou pouco. Logo ele recebeu a notícia que o deixou perplexo e arrasado: ele não foi eleito, pois seu partido não tinha atingido o quociente eleitoral necessário, num sistema eleitoral cruel, que privilegia os partidos grandes e as coligações.

Bússola não entendia como isso tinha sido possível. Como alguém que teve mais votos do que 585 candidatos podia ficar de fora da Câmara? Como alguém que teve a confiança de mais de 5 mil pessoas podia ser ignorado pela política? Como alguém que tinha um projeto sério e consistente podia ser barrado por um mecanismo burocrático?

Ele sentiu uma mistura de indignação, frustração, tristeza e abandonado na sua luta. Com um sorriso largo característico lembrou-se de tudo o que já tinha enfrentado na vida, de todas as dificuldades que já tinha superado, de todos os valores que defende. Um dos mais lindos é que “o povo não é carga para os governos, ele é oportunidade”. Um visionário!

Ergueu a cabeça e decidiu continuar sendo um líder comunitário, um cidadão ativo, consciente e participativo, sendo uma bússola negra num mar de injustiças sociais. Imaginem o que esse líder nato poderia fazer como nosso representante na Câmara Municipal de Juiz de Fora.

Comentários:
Alexandre Müller Hill Maestrini

Publicado por:

Alexandre Müller Hill Maestrini

Alexandre Müller Hill Maestrini é professor de alemão no Instituto Autobahn e autor de quatro livros: Cerveja, Alemães e Juiz de Fora, Franz Hill – Diário de um Imigrante Alemão, Lindolfo Hill – Um outro olhar para a esquerda e Arte Sutil.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )