Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sexta-feira, 12 de Julho de 2024
rcwtv
rcwtv

Saúde

Governo de Minas promove a vacinação de crianças e adolescentes em ações nas escolas

Campanha se estende até 4 de novembro, com diversas ações realizadas em municípios mineiros

Carlos Aquino
Por Carlos Aquino
/ 100 acessos
Governo de Minas promove a vacinação de crianças e adolescentes em ações nas escolas
Jonathas Mendes / SRS Juiz de Fora
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Nesta segunda-feira (30), o Governo de Minas, em colaboração com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), as prefeituras e o Ministério de Saúde, desencadeou a Campanha de Multivacinação em escolas de pelo menos 16 Unidades Regionais de Saúde do estado. A iniciativa visa atualizar os cartões de vacinação de crianças e adolescentes, enfatizando a importância da imunização.

Com o intuito de tornar o evento educativo e cativante, escolas como a Escola Municipal Olinda de Paula Magalhães, localizada no bairro Jardim Esperança, em Juiz de Fora, na Zona da Mata, receberam a campanha com teatro de fantoches, incluindo a presença do famoso Zé Gotinha, personagem conhecido por seu papel na promoção da vacinação.

A Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Juiz de Fora conduziu a vacinação de alunos com idades entre 5 e 15 anos. Na Escola Olinda de Paula Magalhães, que abriga mais de 700 estudantes, a diretora Elisa Cristina de Oliveira estima que cerca de 200 alunos tenham recebido a imunização no dia. “A vacina é um dos meios mais eficazes para prevenir doenças e evita que os alunos fiquem afastados da escola”, comentou a diretora.

Leia Também:

Renan Guimarães de Oliveira, dirigente da SRS Juiz de Fora, realça o peso da estratégia de vacinação como uma maneira de educar os alunos sobre a relevância da imunização. “Essa ação é de grande importância, pois a gente vai até a escola, onde o público da ação está. Além disso, incentiva que as crianças levem o recado aos familiares, de que é fundamental se vacinar”, disse o dirigente.

Quanto à cobertura vacinal regional, as cidades que fazem parte da área de atuação da Superintendência Regional de Saúde de Juiz de Fora apresentam uma cobertura de 81,33% em 2023. Maripá de Minas e Santana do Deserto se destacam com uma cobertura de 95% para a maioria das vacinas. A SRS Juiz de Fora continua promovendo a conscientização sobre a importância da vacinação ao longo do ano, informando a população sobre locais, datas e público-alvo das diversas vacinas oferecidas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

No município de Juiz de Fora, a vacina com maior cobertura é a tríplice viral, com 50,73%. Segundo Jonathan Ferreira Thomaz, subsecretário de Vigilância em Saúde da prefeitura de Juiz de Fora, a dificuldade no registro de dados contribui para os baixos índices de cobertura, devido às mudanças nos sistemas de registro nos últimos anos.

O Governo de Minas tem investido significativamente em ações de imunização fora das tradicionais salas de vacinação, destinando recursos para premiar municípios que atingirem metas de cobertura vacinal e adquirindo unidades itinerantes, conhecidas como Vacimóveis, para facilitar a vacinação em locais diversos.

Todas as escolas, sejam elas municipais, estaduais ou particulares, têm a capacidade de realizar a vacinação, contanto que estejam em contato com as autoridades de saúde locais, seja a secretaria municipal de saúde ou a unidade de saúde correspondente.

A estratégia visa não apenas aumentar a cobertura vacinal, mas também controlar e até mesmo erradicar doenças preveníveis por meio da imunização. Até o momento, mais de 50 municípios de Minas Gerais já receberam recursos para adquirir seu próprio Vacimóvel, com equipamentos e infraestrutura adequados para as equipes de vacinação realizarem seu trabalho com eficiência e segurança.

Para conter a baixa adesão à vacinação e prevenir doenças preveníveis, o SES-MG está promovendo a Estratégia de Multivacinação nas escolas, que continua até 4 de novembro em todo o estado. O público-alvo são todas as pessoas menores de 15 anos que não estão com as doses de vacinação atualizadas de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação. Além das vacinas do calendário, a campanha inclui a imunização contra a COVID-19.

As vacinas disponíveis para crianças de até 6 anos e 11 meses incluem BCG, hepatite B, penta (DTP/Hib/HB), poliomielite inativada (VIP), poliomielite oral (VOP), rotavírus, pneumocócica 10 valente (conjugada), meningocócica c (conjugada), febre amarela, tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola — SCR), tetraviral (sarampo, caxumba e rubéola e varicela – SCRV), DTP, hepatite A e varicela.

Para as crianças a partir de 7 anos e adolescentes, as vacinas incluem hepatite B, febre amarela, tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola – SCR), difteria e tétano adulto, dTpa (tríplice bacteriana), meningocócica ACWY (conjugada), HPV quadrivalente e varicela.

 

Se você achou esta matéria interessante e relevante, compartilhe com seus amigos e familiares.

Para receber as principais notícias do dia na palma da sua mão, participe do nosso grupo no WhatsApp. Lá, você terá acesso a atualizações em tempo real. Não perca tempo, junte-se a nós agora.

Comentários:
Carlos Aquino

Publicado por:

Carlos Aquino

Cursando Jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )