Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Segunda-feira, 22 de Julho de 2024
rcwtv
rcwtv

Esporte

Felipe Melo enfrenta risco de 12 jogos de suspensão por agressão ao assessor do Atlético-GO

'Grande covarde', resume o Atlético Goianiense

Júlia Paes
Por Júlia Paes
/ 105 acessos
Felipe Melo enfrenta risco de 12 jogos de suspensão por agressão ao assessor do Atlético-GO
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O capitão do Fluminense, Felipe Melo, de 40 anos, se envolveu em uma nova polêmica ao agredir o assessor de imprensa do Atlético Goianiense, Álvaro de Castro, após o gol da vitória do time goiano no último sábado, no Maracanã. O episódio pode resultar em uma suspensão de até 12 jogos para o veterano jogador, conhecido por seu histórico de comportamentos agressivos em campo.

Felipe Melo perdeu o controle ao ver Álvaro de Castro comemorando o gol decisivo do Atlético Goianiense próximo à linha lateral. O capitão tricolor empurrou violentamente o assessor, que caiu no gramado, quase provocando uma briga generalizada. Expulso imediatamente, Melo agora enfrenta um possível julgamento pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva por conduta violenta.

O departamento jurídico do Fluminense já alertou o técnico Fernando Diniz para preparar a equipe sem contar com Felipe Melo em vários jogos. A situação se agrava devido ao histórico do jogador, que completa 41 anos em nove dias e já acumula diversas suspensões ao longo de sua carreira.

Leia Também:

O árbitro Gustavo Ervino Bauerman, que estava no comando da partida, descreveu detalhadamente o incidente na súmula do jogo, destacando a conduta violenta de Felipe Melo e a necessidade de seus companheiros contê-lo para evitar maiores problemas.

O Atlético Goianiense emitiu uma nota oficial no domingo, condenando a atitude do jogador e descrevendo o ato como uma "agressão covarde". Álvaro de Castro também se manifestou publicamente, prestando queixa por lesão corporal e criticando duramente Felipe Melo, a quem chamou de "ser desprezível".

Além do episódio no campo, Álvaro relatou ter sido cercado e agredido verbalmente por funcionários do Fluminense nos corredores do Maracanã após o jogo, enquanto se preparava para ir à delegacia.

Felipe Melo, por sua vez, manteve silêncio e apenas compartilhou um vídeo de um chefe de torcida organizada do Fluminense defendendo-o nas redes sociais. Fernando Diniz, técnico do Fluminense, tentou justificar a ação do jogador como uma tentativa de defender o clube.

Com contrato válido até dezembro de 2024, a continuidade de Felipe Melo no Fluminense está agora sob séria dúvida, diante da pressão por uma punição exemplar e das repercussões negativas do incidente.

 

Mantenha seus amigos informados... Compartilhe esta matéria!

Acesse o nosso site e receba notícias da RCWTV no Whatsapp. Participe do nosso grupo e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site!

 

Curta e siga nossas redes sociais.

Comentários:
Júlia Paes

Publicado por:

Júlia Paes

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )