Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024
rcwtv
rcwtv

Policial

Escola do Governo de Minas certifica 23 mil pessoas em Direitos Humanos em todo o país

Entre 2019 e 2022, a Escola de Formação em Direitos Humanos (EFDH) alcançou municípios de Minas e dos outros 25 estados, além do Distrito Federal

Redação
Por Redação
Escola do Governo de Minas certifica 23 mil pessoas em Direitos Humanos em todo o país
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

No Dia Mundial da Educação (28/4), o Governo de Minas comemora importante marco da Escola de Formação em Direitos Humanos (EFDH). A iniciativa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese-MG) alcançou 23.502 pessoas certificadas na temática, entre 2019 e 2022, atingindo todos os estados brasileiros e o Distrito Federal. A EFDH oferece cursos, oficinas e palestras gratuitas que abordam questões de gênero, diversidades, raças e direitos das mulheres, disseminando conhecimento sobre direitos humanos e promovendo ações para a sua efetivação.

De acordo com os dados divulgados pela EFDH, foram certificadas 20.938 pessoas em Minas Gerais, em 769 municípios do estado, o que significa que ao menos uma pessoa foi certificada em cada uma  dessas cidades. A EFDH também alcançou  grande número de municípios em outros estados brasileiros, certificando 2.564 pessoas, em 743 cidades de 25 estados e Distrito Federal.

Essa abrangência nacional é resultado do compromisso do Governo de Minas em levar a formação em Direitos Humanos para além das fronteiras do estado, evidenciando a importância do programa para a formação de agentes transformadores na defesa dos direitos fundamentais em Minas e também no Brasil.

Publicidade

Leia Também:

Para o subsecretário de Direitos Humanos da Sedese, Duílio Campos, os números mostram a importância da iniciativa do Governo de Minas para a construção de um estado mais justo. “Isso significa uma importante transformação social na formação e capacitação de mais agentes preparados para a promoção e a defesa dos direitos humanos”, destaca.

Elaine Itacarambi, de Brasília, atua na defesa e garantia dos direitos da criança e do adolescente, participou do minicurso sobre “Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador” e conta sua experiência. “Agradeço imensamente a oportunidade de partilhar desse minicurso tão importante e necessário para a nossa atuação. Isso favorece uma prática assertiva para os nossos usuários”, pontua.

Cursos abertos

No dia 3/5, a EFDH abrirá inscrição para o curso de “Formação em Direitos dos Cidadãos em Situação de Rua”. As inscrições seguem até o dia 18, com início da capacitação previsto para o dia 25 do mesmo mês.

Seguindo sua missão de oferecer cursos durante todo o ano, a Escola oferecerá ainda a formação em outros temas, como: Direitos das Pessoas LGBTQIA+ e Identidade de Gênero; Fortalecimento dos Conselhos e Fundos Municipais da Pessoa Idosa; Direitos da Pessoa Idosa; Direitos das Pessoas com Deficiência e Direitos Étnico-raciais.

Os cursos são totalmente gratuitos. Para conferir a programação anual, acesse aqui e, para se inscrever nos cursos, entre neste link. 

Escola de Formação

A Escola de Formação em Direitos Humanos é uma iniciativa da Subsecretaria de Direitos Humanos (Subdh) da Sedese. A EFDH propõe a formação continuada sobre Direitos Humanos, a fim de contribuir para o fortalecimento da democracia, do desenvolvimento e da justiça social, por meio da Rede de Educação em Direitos Humanos do Estado de Minas Gerais.

Continuamente, são oferecidos cursos de formação e aperfeiçoamento nas modalidades presencial, semipresencial e a distância em temáticas transversais, como: introdução aos direitos humanos, direitos das crianças e adolescentes, mulheres, pessoas idosas, igualdade racial, pessoas com deficiência, comunidades tradicionais, direitos das pessoas LGBT, cidadãos em situação de rua, direito à memória e à verdade, dentre outros. Trata-se de iniciativa reconhecida e premiada em âmbito nacional e estadual.

Em 2019, a EFDH conquistou o 3º lugar do Prêmio Inova, na categoria de Iniciativas Implementadas de Sucesso. No mesmo ano, a Escola de Formação foi finalista, entre as mais de 200 iniciativas de todo o país, no 23º Concurso de Inovação no Setor Público, promovido pela Escola Nacional de Administração Pública.

 

Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )