Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sexta-feira, 12 de Abril de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Juiz de Fora

Inscrições para a II Feira Cultural dos Refugiados vão até dia 7 de junho

A II Feira Cultural dos Refugiados celebra também o Dia Mundial do Refugiado, celebrado em 20 de junho

Redação
Por Redação
Inscrições para a II Feira Cultural dos Refugiados vão até dia 7 de junho
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

No sábado, 24 de junho, será realizada na Praça da Estação, das 10h às 16h, a II Feira Cultural dos Refugiados. O evento é promovido pela Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH) e o Comitê de Elaboração e Acompanhamento do Plano Municipal de Políticas para a População Migrante, Refugiada, Apátrida e Retornada (Decreto N.º 14.900).

Caso algum migrante queira participar, as inscrições para venda de comidas típicas, exposição e venda de artesanatos, estão abertas até o dia 7 de junho através do formulário eletrônico no link.

A II Feira Cultural dos Refugiados celebra também o Dia Mundial do Refugiado, celebrado em 20 de junho. A data criada pela pela Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) é celebrada desde 2001 e foi instituída em comemoração ao 50º aniversário da Convenção de 1951 relativa ao Estatuto dos Refugiados.

Dados da Acnur revelam que há cerca de 89,3 milhões de pessoas em todo o mundo que foram forçadas a deixar suas casas. Também é apontado que há milhões de apátridas, pessoas que não possuem nacionalidade e por isso têm diversos direitos básicos negados.

Atualmente, o Comitê Nacional para os Refugiados (Conare) e o Acnur constatam que até o início de 2023 existiam mais de 65 mil pessoas reconhecidas como refugiadas no Brasil. Estas pessoas foram forçadas a sair de suas localidades de origem por motivos de guerra, perseguições, grave violação dos direitos humanos e conflitos armados.

Nesse sentido, o Dia Mundial do Refugiado é uma data importante para fomentar a solidariedade e empatia em torno da temática. Além disso, migrar é um direito humano inerente a todas as pessoas. Portanto, a realização da segunda Feira Cultural dos Refugiados é uma ação para promover valorização e dar visibilidade a cultura, costumes e tradição da população migrante. Além disso, é uma possibilidade de debater e combater a xenofobia e o preconceito.

Outras informações: 3690-7331 (Secretaria Especial de Direitos Humanos)

Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )