Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 18 de Maio de 2024
rcwtv
rcwtv

Cultura e Entretenimento

Bárbara Heliodora passa a integrar o Panteão dos Inconfidentes

A cerimônia de entrega de medalha aconteceu no último domingo (21).

Redação
Por Redação
/ 62 acessos
Bárbara Heliodora passa a integrar o Panteão dos Inconfidentes
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

No último domingo (21/4), a poeta e heroína da Inconfidência Mineira, Bárbara Heliodara Guilhermina da Silveira foi homenageada na cerimônia de entrega de medalha por sua participação ativa na história de Minas Gerais, em 1789.

Bárbara Heliodara nasceu no ano de 1759, em São João Del Rei e se casou com o  inconfidente Alvarenga Peixoto. A poeta, era membro da aristocracia e recebeu uma ótima educação, interessando-se por música, poesia e literatura.  O título de "Heroína da Inconfidência Mineira" se deu ao fato de que ela é o marido cediam a casa para as reuniões do movimento.

A oficialização da poeta entre os heróis da Inconfidência é bastante simbólico por ser uma maneira de corrigir um erro histórico, já que na época, mulheres não eram reconhecidas como parte da memória do estado. No Panteão dos Inconfidentes, a lembrança de Bárbara Heliodora ficará ao lado de outros inconfidentes, como Tiradentes e o marido Alvarenga Peixoto.

Leia Também:

Sobre a cerimônia

Durante a cerimônia realizada no domingo, Museu da Inconfidência recebeu uma porção de terra do túmulo onde a porta esteve enterrada, em São Gonçalo do Sapucaí, no Sul de Minas, desde 1819. Os despojos foram levados até o Panteão dos Inconfidentes pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema, acompanhado da primeira dama Christiana Renault, esposa do vice-governador mineiro, Professor Mateus.

“Durante muito tempo se questionou qual é o papel de Bárbara Heliodora no movimento da Inconfidência, e trazer os despojos dela para se juntar aos do seu marido no museu, ao lado dos inconfidentes, mostra respeito e consideração à história de uma mulher que representou muita convicção mineira na defesa da liberdade”, afirma o Professor Mateus.

Além disso, o vice-governador também destaca que enquanto Tiradentes personifica a liberdade, Bárbara Heliodora encarna a convicção em uma causa. A cerimônia reforçou que a liberdade não é apenas um valor, mas requer uma convicção firme para sua defesa. Bárbara Heliodora exemplifica essa convicção de maneira excepcional.

 
 
 
 
 
Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )