Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Quarta-feira, 17 de Abril de 2024
rcwtv
rcwtv

Policial

Operação Ambitus combate exploração sexual de crianças e adolescentes

três pessoas, incluindo dois vereadores e um terceiro homem, além de cumprir quatro mandados de busca e apreensão.

Redação
Por Redação
Operação Ambitus combate exploração sexual de crianças e adolescentes
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

 Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou, ontem (12/4), a segunda fase da operação Ambitus, em Jacinto, na região do Baixo Jequitinhonha, em repressão à exploração sexual de crianças e adolescentes. Nessa etapa da ação policial, foi cumprido mandado de prisão preventiva contra ex-vice-prefeito da cidade, suspeito de integrar o esquema criminoso. Na fazenda do investigado, policiais ainda apreenderam uma arma de fogo ilegal.

Na fase anterior da operação, desencadeada no dia 23 de março, a PCMG prendeu preventivamente outras três pessoas, incluindo dois vereadores e um terceiro homem, além de cumprir quatro mandados de busca e apreensão.

 

Publicidade

Leia Também:

As investigações têm por objetivo desarticular um esquema criminoso que envolve práticas de extorsão, exploração sexual de criança e adolescente, corrupção de menores e pedofilia em redes sociais. De acordo com o delegado Diogo Quaresma, titular da Delegacia de Polícia Civil em Jacinto, as investigações começaram há um mês, a partir de uma denúncia anônima.

 

“Segundo apurado, um dos vereadores teria coagido uma adolescente de 15 anos a gravar uma videochamada com conteúdo sexual com seu adversário político, também vereador do município. A partir daí, o primeiro começou a extorquir o adversário e publicou o vídeo em diversas redes sociais. Tais fatos foram motivados pela disputa de votos na última eleição para presidente da Câmara de Vereadores de Jacinto”, detalha o delegado.

 

Trabalho investigativo

 

Diversos materiais foram arrecadados durante as buscas domiciliares, como celulares, computadores e pen drives. Com a última etapa da operação, a Polícia Civil concluiu o inquérito policial e indiciou os suspeitos pelos crimes de extorsão, favorecimento à prostituição, corrupção de menores e distribuição de cena de sexo envolvendo adolescente.

 

Quaresma acrescenta que as investigações apontaram que outro homem - sem participação no meio político, mas com registros policiais por tráfico de drogas - estaria explorando sexualmente a jovem, inclusive realizando viagens com ela. “Diante da gravidade dos fatos, representamos por medidas cautelares pessoais e probatórias contra os quatro investigados, os quais tiveram as prisões preventivas decretadas pelo Poder Judiciário”, pontua o delegado ao informar que os suspeitos já estão à disposição da Justiça no sistema prisional.

 

A operação foi desencadeada pela equipe da Delegacia de Polícia Civil em Jacinto e contou com apoio da equipe da Delegacia Regional de Polícia Civil em Almenara, coordenada pela delegada regional Danielle Araujo de Souza e pelo delegado Fernando Varella.

 

Curta e siga nossas redes sociais

 

 

 

#noticiasdejuizdefora, #juizdefora#juizdeforamg #rcwtv, #noticiasminasgerais, #pjf, #notíciasemjuizdefora, #notíciasemminasgerais, #brasil#mundo#juízdefora#juizdefora_mg#jf#ufjf#pmmg#pcmg#prefeiturajf#saudejf#juizdeforando#noticiasmg#esportes#jornalismo#jornalismoesportivo#política

Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )