RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região - noticias , juiz de fora , rcwtv

Notícias Brasil/Mundo

IBGE inicia testes para o Censo 2022

Bairros, comunidades e distritos de 27 estados receberão 250 recenseadores até meados de dezembro

IBGE inicia testes para o Censo 2022
Google Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

IBGE retomou na última quinta-feira, 4, os testes para o Censo Demográfico de 2022. Em 27 localidades de todas as unidades federativas, recenseadores do instituto vão bater de porta em porta aplicando o mesmo questionário que será usado no censo do ano que vem.

No estado do Rio de Janeiro, o teste será realizado em Engenheiro Paulo de Frontin, no Sul Fluminense, e em Nova Iguaçu, na Baixada. Neste último município, o IBGE vai visitar 261 domicílios da comunidade de Zumbi dos Palmares, no bairro de Comendador Soares. Este será o primeiro teste do Censo de 2022 em favela.

Ao contrário dos bairros, as comunidades e ocupações informais não têm delimitações oficializadas pelas prefeituras, o que exige um mapeamento específico por parte do IBGE.

“Dentro desses testes, eu gostaria de chamar a atenção para a questão de aglomerados subnormais (favelas) que são áreas mais precárias. Nós estamos verificando procedimento de operações dessas áreas. Separar essas áreas é fundamental para que a gente tenha estatísticas. Por isso esse esforço que o IBGE faz”, explica Claudio Stenner, diretor de Geociências do IBGE.

O presidente do instituto, Eduardo Rios Neto, estará no lançamento do teste nacional do Censo 2022 no município de Jardim Olinda, no Paraná. Já em São Paulo, o evento de lançamento será em São Caetano do Sul.

Haverá coleta tanto em bairros de capitais – Belo Horizonte, Macapá e Salvador – quanto em localidades mais afastadas – como em Novo Remanso, a 200 quilômetros de Manaus).

“Esses testes servem para fazer os últimos ajustes nos sistemas dos quais o censo dependerá no ano que vem e para fazer correções pontuais e de modo que garanta que tudo corra bem no processo do ano que vem”, diz.

“O Censo Demográfico traz informações gerais sobre a população e é extremamente importante e indispensável para calcular o número de pessoas que necessitam de doses de vacinas, para saber a quantidade de vagas necessárias em escolas, para destinar recursos aos municípios, acrescenta Claudio Stenn sobre a importância do recenseamento no Brasil.

O diretor de pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo, reforça que esta etapa é importante para testar a abordagem que será feita com o informante. “Esta será a nossa primeira incursão nacional pelo território com operação censitária desde o início da pandemia. O objetivo desses testes é garantir o padrão de qualidade na realização do próximo censo”.

O IBGE considera o Censo Demográfico de 2022 como um desafio tecnológico para a instituição, devido à complexidade que envolve a operação. Atualmente, são 210 milhões de habitantes, residindo em 72 milhões de domicílios, espalhados por 8,5 milhões de km quadrados.

Hoje, o IBGE tem cerca de 6.500 servidores permanentes e temporários, que atuam em mais de 500 agências, enviando informações provenientes de mais de 50 pesquisas diferentes, através de uma rede de computadores.

Mas a expectativa é que quando o Censo 2022 começar, em 1º de junho do ano que vem, o instituto esteja com cerca de 200 mil servidores permanentes e temporários. Os funcionários vão receber e enviar informações a cada hora, diretamente das ruas de todos os 5.570 municípios do país.

No dia 16 de outubro deste ano, o IBGE finalizou os testes nos domicílios da população de Paquetá. Segundo os dados coletados, o bairro teve uma alta de 8,5% de idosos, em relação a 2010, quando foi realizado o último Censo Demográfico.

Hoje, dos 3.612 habitantes da ilha, 31,6% têm mais de 60 anos. Já há 11 anos, dos 3.361 moradores, 23,1% pertenciam ao grupo. O índice de moradores nessa faixa etária no Brasil é de apenas 17,7%, segundo os dados divulgados pelo instituto em 2010.

A previsão do IBGE é que a partir do dia 25 de novembro, os testes do Censo 2022 cheguem às terras indígenas e aos territórios quilombolas. No Rio de Janeiro, as visitas acontecerão em Angra dos Reis e Paraty, municípios da Costa Verde Fluminense.

Os recenseadores estarão uniformizados com colete, boné e bolsas azuis com a logomarca do IBGE. Eles também usarão crachá com foto e número de matrícula.

Quem tiver dúvidas quanto a autenticidade dos funcionários poderá acessar o site www.respondendo.ibge.gov.br e verificar a identidade de todos os entrevistadores do instituto. O telefone 0800 721 8181 também estará disponível aos cidadãos que tiverem dúvidas.

FONTE/CRÉDITOS: CNN Brasil

Todas as publicações e comentários são de total responsabilidade dos autores. As opiniões emitidas não representam o posicionamento da RCWTV. Nosso portal reserva-se o direito de moderar todo o conteúdo expresso, incluindo exclusão de mensagens desrespeitosas, xingamentos, insultos a seus colaboradores e agressões. Caso encontre algum conteúdo que viole nossos termos, denuncie ou entre em contato conosco!

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!