Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 22 de Junho de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Região

Governo de Minas assina protocolo de intenções para ampliar assistência técnica a produtores e ações para desenvolvimento rural sustentável

Profissionais da Emater-MG serão capacitados para a metodologia de Assistência Técnica e Gerencial, desenvolvida pelo Sistema Faemg/Senar; objetivo é melhorar a gestão das propriedades e aumentar a geração de renda

Simone Carvalhal
Por Simone Carvalhal
/ 329 acessos
Governo de Minas assina  protocolo de intenções para ampliar assistência técnica a produtores e ações para desenvolvimento rural sustentável
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

 

O Governo de Minas, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (EMATER - MG) e da Secretaria do Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seasa), assinou nesta quarta-feira (4/10), em Belo Horizonte, o protocolo de intenções com o Sistema Faemg/Senar para a ampliação da assistência técnica e gerencial aos produtores rurais mineiros e de ações conjuntas para o desenvolvimento rural sustentável do estado

A solenidade teve a presença do vice-governador Professor Mateus. Ele destacou a força do agronegócio mineiro e também pontuou algumas soluções para melhorar as condições de trabalho dos produtores, destacando-os como microempresários. “Para mim, é uma satisfação estar aqui. Demonstra a importância que nós damos ao agro. Com o apoio dos produtores, a relevância da participação do agro na matriz econômica do estado cresceu muito. Nós estamos chegando a 25% do PIB, o que significa mais de R$ 270 bilhões sendo produzidos pelo agro”, relatou o vice-governador.

A parceria tem como objetivo atender, inicialmente, de 300 a 400 produtores em diversas regiões do estado. De acordo com a Emater-MG, os valores desse projeto de estreia superam R$ 3 milhões para 24 meses de execução. “Fico muito feliz com essa parceria da Faemg/Senar com o Governo de Minas. Isso faz com que a gente possa somar respostas positivas, como essa assinatura do protocolo”, ressaltou Professor Mateus.

Com esta ampliação de assistência técnica no estado, o Governo de Minas e o Sistema Faemg/Senar pretendem não apenas alcançar um número maior de produtores, mas traduzir o suporte em mais empregos e renda para os mineiros.

“Essa parceria nos deixa ainda mais animados para que a gente avance. Nós acreditamos muito na qualidade não só nos produtos, mas na manutenção dos produtores, na melhoria da renda deles. Esse é um dos caminhos que estamos seguindo com esse protocolo”, ressaltou o presidente da Faemg, Antônio Pitangui de Salvo. O presidente da Emater-MG, Otavio Maia, concorda. “Essa parceria chega a ser algo natural, está no DNA da Emater e da Faemg/Senar esse apoio para melhorar o desenvolvimento e gerar renda e dignidade para todos os cidadãos de Minas Gerais. O que nós pretendemos com essa parceria é isso, melhorar a qualidade de vida dos mineiros", pontua.

Metodologia ampliada

A ideia do projeto é agregar a expertise e a capilaridade do Governo do Estado, por meio da Seapa e da vinculada Emater-MG, à expansão da metodologia de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), desenvolvida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

O programa envolve desde o planejamento financeiro e gestão ao aprimoramento das práticas de produção. São cinco etapas para execução, que envolvem diagnóstico produtivo individualizado, planejamento estratégico, adequação tecnológica, capacitação profissional complementar e avaliação sistemática de resultados.

Pelo protocolo, caberá ao Sistema Faemg/Senar capacitar os profissionais da Emater-MG quanto à utilização das técnicas para, assim, contribuir para melhorar as gestões de propriedade e, ainda, gerar mais renda para os produtores.

Pelo Estado, a Seapa fica com a missão de oferecer apoio logístico e operacional no desenvolvimento das ações, atividades e programas. Já a Emater-MG vai definir, em parceria com o Sistema Faemg/Senar, as temáticas de capacitações e programas, os locais e períodos de realização em diversas regiões do estado.

Por fim, o Sindicato de Produtores Rurais será responsável por mobilizar agricultores, contando com o auxílio dos profissionais da Emater-MG, quando necessário.

Vale lembrar que a estatal mineira tem convênio com 811 municípios do estado, mais de 95% de cobertura, beneficiando anualmente mais de 300 mil produtores rurais com assistência técnica e extensão rural, públicas. Somente em 2022, foram cerca de dois milhões de atendimentos prestados a agricultores familiares e suas organizações.

Projeto Jaíba

Uma das prioridades apontadas pelo Estado nessa parceria é garantir o suporte ao Projeto Jaíba, especialmente aos pequenos agricultores. Dessa forma, um grupo com cerca de 30 produtores do distrito de irrigação estará entre os escolhidos para a etapa de estreia.

Localizado nos municípios de Jaíba e Matias Cardoso, o Perímetro de Irrigação do Jaíba é considerado o maior projeto da América do Sul e o segundo do mundo em área contínua irrigada, fruto de uma parceria entre Governo de Minas, via Secretaria de Agricultura, e a União, por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A área irrigada do projeto é um dos principais polos de fruticultura do estado.

O secretário de Estado de Agricultura Pecuária e Abastecimento, Thales Fernandes, destacou essa parceria do setor privado e público, principalmente pela extensão rural que é fundamental para trazer desenvolvimento e renda para os produtores. Ele salientou a prioridade desse protocolo para o Projeto Jaíba. “Essa proposta iniciou exatamente com atendimento prioritário ao Projeto Jaíba. Profissionais vão ser locados diretamente junto com a Emater para atender os produtores da fruticultura e horticultura. Então, eu vejo uma saída para produzirmos renda e emprego e, mais ainda, gerando oportunidades e qualidade de vida para os mineiros”, pontuou o secretário

Leia Também:

 A lei 4.504 de 30 de novembro de 1964, ainda está em vigor:

    Art. 2° É assegurada a todos a oportunidade de acesso à propriedade da terra, condicionada pela sua função social, na forma prevista nesta Lei.

        § 1° A propriedade da terra desempenha integralmente a sua função social quando, simultaneamente:

        a) favorece o bem-estar dos proprietários e dos trabalhadores que nela labutam, assim como de suas famílias;

        b) mantém níveis satisfatórios de produtividade;

        c) assegura a conservação dos recursos naturais;

        d) observa as disposições legais que regulam as justas relações de trabalho entre os que a possuem e a cultivem

  § 2° É dever do Poder Público:

        a) promover e criar as condições de acesso do trabalhador rural à propriedade da terra economicamente útil, de preferência nas regiões onde habita, ou, quando as circunstâncias regionais, o aconselhem em zonas previamente ajustadas na forma do disposto na regulamentação desta Lei

 

Gostou da matéria? Compartilhe com os amigos!

Acesse o nosso site

https://www.rcwtv.com.br/

Receba notícias da RCWTV no Whatsapp e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site! Participe do nosso grupo:
https://chat.whatsapp.com/EeSJvQx8kVA3J3kMmSevMw

Curta e siga nossas redes sociais!

 

Comentários:
Simone Carvalhal

Publicado por:

Simone Carvalhal

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )