Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Quinta-feira, 29 de Fevereiro de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Juiz de Fora

Funalfa promove evento 'Salve o Samba' para lançar registro do Instituto Cultura do Samba como bem cultural imaterial

Iniciativa viabilizada por emenda parlamentar celebra o Dia do Samba e destaca a importância do universo cultural do samba em Juiz de Fora

Carlos Aquino
Por Carlos Aquino
Funalfa promove evento 'Salve o Samba' para lançar registro do Instituto Cultura do Samba como bem cultural imaterial
Prefeitura de Juiz de Fora
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

No próximo sábado (16), a Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) realiza o evento "Salve o Samba" no Museu Ferroviário de Juiz de Fora, marcando o lançamento oficial do processo de registro do Instituto Cultura do Samba como bem cultural imaterial. A iniciativa, viabilizada por meio de emenda parlamentar da vereadora Tallia Sobral, tem início às 9h e conta com entrada franca, proporcionando ao público duas rodas de conversa, uma apresentação musical e uma roda de samba.

O evento conta com a presença de convidados especiais, como o sambista e pesquisador Vinícius Natal, do Rio de Janeiro, e Regis da Vila, um dos fundadores do Instituto Cultura do Samba. Vinícius, premiado com o Estandarte de Ouro de melhor enredo em 2022, traz sua expertise em História e Antropologia para enriquecer as discussões sobre o samba.

Pensado como desdobramento das comemorações do Dia do Samba, celebrado em 2 de dezembro, o "Salve o Samba" tem como propósito reunir a comunidade e os amantes do samba para celebrar e discutir a importância desse universo cultural em constante evolução.

Publicidade

Leia Também:

O Instituto Cultura do Samba, consolidado como uma das instituições mais tradicionais e respeitadas na promoção e divulgação do samba em Juiz de Fora, completou 20 anos em setembro. Presidido por Alcione Cristina Procópio, o instituto mantém um trabalho consistente ao oferecer aulas de dança gratuitas para todas as idades, além de promover viagens didáticas e participar de eventos culturais.

Alcione destaca a importância do registro do Instituto Cultura do Samba como patrimônio imaterial de Juiz de Fora, afirmando que será o reconhecimento da luta pela preservação da cultura da dança do mestre-sala e da porta-bandeira, além dos demais segmentos das escolas de samba. A ação busca destacar não apenas o legado do samba na cidade, mas também a relevância da dança e das tradições preservadas pelo instituto.

 

Se você achou esta matéria interessante e relevante, compartilhe com seus amigos e familiares.

Para receber as principais notícias do dia na palma da sua mão, participe do nosso grupo no WhatsApp. Lá, você terá acesso a atualizações em tempo real. Não perca tempo, junte-se a nós agora.

Comentários:
Carlos Aquino

Publicado por:

Carlos Aquino

Cursando Jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )