Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Juiz de Fora

Feira de Economia Popular Solidária vai até 31 de janeiro no Espaço Cidade

Começou nesta terça-feira, 24, e vai até o dia 31 deste mês a “Feira Economia Solidária - Edição de verão”

Redação
Por Redação
Feira de Economia Popular Solidária vai até 31 de janeiro no Espaço Cidade
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Começou nesta terça-feira, 24, e vai até o dia 31 deste mês a “Feira Economia Solidária - Edição de verão”, no Espaço Cidade, na Avenida Rio Branco 2.234, Parque Halfeld. São 15 empreendedores juiz-foranos que estão tendo a oportunidade de expor e comercializar seus produtos. A feira faz parte da programação de férias da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e estará aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h. Já aos sábados, a feira ficará abertede 10h às 16h e, no domingo, de 10h às 14h. A entrada é gratuita. 

No espaço, o público vai encontrar peças artesanais, acessórios utilitários e decorativos,  como bolsas, bonecas de pano, bijuterias, pochetes, necessairesecobags, toucas, brincos, colares, pulseiras, panos de copa, toalhas, mantas, painéis em tecidos e plantas ornamentais. Para quem deseja renovar o guarda-roupa de forma mais econômica, há também um brechó com roupas variadas. Participam dessa ação representantes da Cooperativa Lixarte, o Movimento Negro Unificado, o Feijão de Ogun,  Associação de Artesãos da Feira de Economia Solidária de Juiz de Fora (Fecosol), Divertidas Linhas e Atelier Coisas D’ Neia. 

A integrante da Rede Mineira de Economia Popular Solidária e vice-presidente da Lixarte, Maria Geralda de Souza Lopes, disse que a feira está ajudando na retomada das vendas para esse grupo social, em um cenário pós-pandemia.“Muitas mulheres dependem da comercialização de seus produtos para realizar o sustento de toda a família. É muito importante que esse espaço se torne um local de venda e um ponto turístico de Juiz de Fora, para que seja realizado o desenvolvimento social e econômico da cidade,  através da economia e segurança alimentar”, destacou Geralda. 

A feira está sendo organizada pelas secretarias de Turismo (Setur) e de Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo, da Inovação e Competitividade (Sedic).

 
Publicidade

Leia Também:

 
Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )