Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Domingo, 16 de Junho de 2024
rcwtv
rcwtv

Curiosidades

TDAH em crianças: desvendando os mistérios da mente inquieta

Saiba mais!

Isadora Benetelli
Por Isadora Benetelli
/ 34 acessos
TDAH em crianças: desvendando os mistérios da mente inquieta
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) não é um bicho de sete cabeças, mas pode parecer um verdadeiro enigma para quem o enfrenta. Principalmente quando se trata de crianças, que ainda estão em desenvolvimento e aprendendo a lidar com suas próprias emoções e comportamentos.

Se você se identifica com essa situação, não se desespere! Neste artigo, vamos desvendar os mistérios do TDAH e te dar dicas valiosas para lidar com o transtorno de forma leve e eficaz, ajudando seu filho a florescer em todo seu potencial.

Desvendando o TDAH: características e desafios

Publicidade

Leia Também:

O TDAH é um transtorno neurobiológico que se manifesta de diferentes maneiras em cada criança, mas alguns sinais comuns podem indicar a presença do transtorno:

Desatenção: dificuldade em prestar atenção em detalhes, seguir instruções, se concentrar em tarefas ou atividades, perder objetos com frequência.

Hiperatividade: inquietude excessiva, dificuldade em permanecer sentado por longos períodos, correr ou subir em tudo, falar demais.

Impulsividade: agir sem pensar nas consequências, interromper conversas, ter dificuldade em esperar a sua vez.

É importante lembrar que nem toda criança com esses sintomas possui TDAH. O diagnóstico preciso deve ser feito por um profissional especializado, como um neurologista ou psiquiatra infantil, através de uma avaliação completa que leva em consideração o histórico médico, comportamental e social da criança.

Desvendando o TDAH: Como é feito o diagnóstico em crianças?

O diagnóstico do TDAH em crianças é um processo cuidadoso e individualizado, realizado por profissionais experientes, como neurologistas infantis, psiquiatras infantis e psicólogos.

A investigação começa com uma conversa: o profissional conversa com os pais e com a criança para entender o histórico médico, social e familiar, além de observar o comportamento durante a consulta.

Questionários específicos como o CBQ e o SNAP também podem ser utilizados para avaliar os sintomas.

Em alguns casos, exames complementares como físicos, neurológicos, psicológicos e de imagem podem ser necessários para descartar outras condições e auxiliar no diagnóstico.

O diagnóstico do TDAH é baseado nos critérios do DSM-5, da Associação Americana de Psiquiatria (APA).

Lembre-se: o diagnóstico não se baseia em um único exame, mas sim em uma avaliação completa que considera diversos fatores.

Em caso de dúvidas, procure um profissional especializado.

Lidando com o TDAH: estratégias para o sucesso

O tratamento do TDAH é individualizado e deve ser adaptado às necessidades de cada criança. Geralmente, ele envolve uma combinação de diferentes abordagens:

Terapia comportamental: ajuda a criança a desenvolver habilidades para controlar sua atenção, impulsividade e hiperatividade.

Medicamentos: em alguns casos, o médico pode prescrever medicamentos para auxiliar no controle dos sintomas.

Orientação familiar: fornece apoio e ferramentas aos pais para lidar com o TDAH em casa.

Apoio escolar: colabora com a escola para criar um ambiente de aprendizado mais adequado à criança com TDAH.

O apoio escolar é fundamental para o sucesso de crianças com TDAH. A escola pode ser um grande aliado na criação de um ambiente de aprendizado mais adequado às suas necessidades, ajudando-as a desenvolver todo seu potencial.

Reforço escolar: As empresas especializadas em reforço escolar podem oferecer um acompanhamento individualizado, foçando nas áreas de maior dificuldade da criança, com estratégias personalizadas para o TDAH. Uma empresa especializada nesse tipo de transtorno é a Monitorias.

A Monitorias é uma rede de reforço escolar 100% online e individualizada, que oferece aulas com professores altamente qualificados e experientes em lidar com as necessidades de crianças com TDAH.

Dicas para o dia a dia

Crie uma rotina: estabeleça horários fixos para acordar, dormir, fazer refeições, estudar e brincar. Isso ajuda a criança a se organizar e se sentir mais segura.

Divida as tarefas em etapas menores: tarefas grandes podem parecer assustadoras para crianças com TDAH. Divida-as em passos menores e mais fáceis de serem gerenciados.

Elogie e recompense os bons comportamentos: o reforço positivo é fundamental para motivar a criança e ajudá-la a aprender novos comportamentos.

Seja paciente e compreensivo: o TDAH não é uma escolha da criança. É importante ter paciência, compreensão e oferecer apoio emocional.

Busque grupos de apoio: conversar com outros pais que enfrentam desafios semelhantes pode ser muito útil. Existem diversos grupos de apoio online e presenciais.

Lembre-se: o TDAH não define quem seu filho é. Com o tratamento e apoio adequados, ele pode superar os desafios e alcançar todo seu potencial.

TDAH: muito mais do que um rótulo

É importante ressaltar que o TDAH não é um rótulo que limita a criança. Pelo contrário, pode ser visto como uma oportunidade para desenvolver habilidades importantes como criatividade, resiliência e flexibilidade.

Com o apoio da família, da escola e de profissionais especializados, as crianças com TDAH podem florescer e conquistar seus sonhos.

A jornada do TDAH não precisa ser solitária. Juntos, podemos construir um caminho mais leve e cheio de possibilidades para o futuro do seu filho.

Comentários:
Isadora Benetelli

Publicado por:

Isadora Benetelli

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )