Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Segunda-feira, 22 de Julho de 2024
rcwtv
rcwtv

Juiz de Fora

Taxista é preso sob suspeita de injúria racial em briga de trânsito

Motorista de caminhão que teria sido agredido verbalmente pelo outro homem também foi detido

A Notícia em Primeira Mão .
Por A Notícia em Primeira Mão .
/ 486 acessos
Taxista é preso sob suspeita de injúria racial em briga de trânsito
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Dois motoristas foram presos após proferirem insultos verbais durante uma briga de trânsito na Avenida Itamar Franco, próximo ao Pórtico Sul da Universidade Federal de Juiz de Fora nesta quinta-feira (11). De acordo com o boletim de ocorrência, um motorista de caminhão, de 40 anos, relatou aos policiais que conduzia o veículo da empresa em que trabalha quando um táxi, conduzido por um homem de 55 anos, teria parado subitamente na frente do veículo no cruzamento com a Avenida Eugênio do Nascimento no momento que o semáforo tinha acabado de ficar amarelo.

Diante da possibilidade de colisão, o taxista teria proferido diversos xingamentos ao motorista do caminhão, chamando-o de “macaco”, conforme o boletim de ocorrência. Após a discussão verbal, o táxi teria seguido em direção ao Hospital Universitário para o desembarque de uma passageira, com o condutor do caminhão seguindo no mesmo caminho na tentativa de alcançar o mesmo. De acordo com relato do motorista do caminhão à Polícia Militar, os dois funcionários que lhe acompanhavam no veículo teriam testemunhado a agressão verbal racista.

Lei que equipara crime ao de racismo foi sancionada na quarta-feira

Sancionada nesta quarta-feira (11) pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a Lei 14.532/2023 passou a equiparar o crime de injúria racial ao de racismo, além de ampliar as penas relacionadas ao delito. De acordo com informações da Agência Brasil, a punição, que anteriormente era de um a três anos de reclusão, foi ampliada para dois a cinco anos de prisão, além de ser dobrada caso o crime seja cometido por duas ou mais pessoas. Além disso, existe a possibilidade de um acréscimo na pena caso o episódio de injúria racial seja praticado em eventos esportivos ou culturais e para finalidade humorística.

Leia Também:

 

#jf,#juizdefora,#news#noticias#jf

Tópicos: polícia

FONTE/CRÉDITOS: Tribuna de Minas/prefeitura
Comentários:
A Notícia em Primeira Mão .

Publicado por:

A Notícia em Primeira Mão .

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )