Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Quarta-feira, 24 de Abril de 2024
rcwtv
rcwtv

Juiz de Fora

Comitê do Transporte Público de Juiz de Fora garante a manutenção dos postos de trabalho dos rodoviários

Sindicato busca solução jurídica para garantir empregos dos cobradores e conta com o apoio da Prefeitura

Redação
Por Redação
Comitê do Transporte Público de Juiz de Fora garante a manutenção dos postos de trabalho dos rodoviários
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Em uma reunião realizada nesta quarta-feira (17), o Comitê Gestor do Transporte Público de Juiz de Fora reafirmou o compromisso de garantir a manutenção dos postos de trabalho dos rodoviários na cidade. O encontro ocorreu em caráter de urgência, um dia após os trabalhadores terem realizado uma paralisação em protesto contra a extinção da função de cobrador, que causou impactos no trânsito local. Outra reunião do comitê foi agendada para esta sexta-feira (19).

De acordo com a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), o comitê ratificou o compromisso expresso na Lei 14.209, de 2021, que assegura a manutenção dos postos de trabalho dos funcionários. As empresas pretendem realizar encontros com os trabalhadores ainda nesta quarta-feira e também na quinta-feira (18) para discutir o tema.

Leia Também:

Durante a reunião, o secretário de Mobilidade Urbana, Fernando Tadeu David, demonstrou sua indignação com a natureza ilegal e o severo impacto social da paralisação ocorrida na terça-feira, que aconteceu sem prévio comunicado, segundo consta na ata da reunião do comitê gestor.

Rafael Santana, representando o Consórcio Via JF, apontou que as empresas foram surpreendidas com o movimento, que teria ocorrido por conta de boatos envolvendo a função de cobrador. Ele reforçou que não haverá demissões em massa, como garantido pela Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Juiz de Fora (Astransp), e destacou que os trabalhadores estão passando por qualificações.

A Prefeitura questionou as empresas sobre a falta de comunicação em relação à não utilização dos cobradores aos domingos. Segundo a ata da reunião, o Consórcio Via JF afirmou que isso não ocorreu por se tratar de um tema discutido entre o sindicato e os empregadores.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte e Trânsito (Sinttro-JF) também foi convocado para participar da reunião, mas não compareceu. Por meio de sua assessoria, a entidade informou à Tribuna que está buscando soluções jurídicas e legais para garantir os postos de trabalho dos cobradores e que conta com o apoio da PJF. O sindicato irá se pronunciar em momento oportuno.

Após a paralisação dos rodoviários, o Consórcio Via JF realizou reuniões com os cobradores do transporte coletivo para discutir assuntos relacionados aos postos de trabalho. Um encontro ocorreu na tarde desta quarta-feira e outro está previsto para as 9h desta quinta-feira.

Segundo a assessoria de imprensa do grupo, durante a reunião, o diretor da Ansal, Rafael Santana, reforçou a importância do diálogo entre os colaboradores e a empresa para evitar a propagação de informações falsas. Foi reiterado o compromisso de não realizar demissões em massa.

Durante as reuniões, os trabalhadores têm a oportunidade de tirar dúvidas, fazer sugestões de melhorias nos processos e entender melhor a transição que está sendo realizada pela empresa.

 

Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )