Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Domingo, 16 de Junho de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Juiz de Fora

"A Força da Mulher na Xilogravuras"

Todas nós, mulheres, tivemos nosso mundo revirado.

Jordana Alves
Por Jordana Alves
/ 50 acessos
Assessoria de Comunicação Ascom
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A exposição “Marias”, da artista plástica Ana Fátima Carvalho, celebra a força, resiliência e presença da mulher por meio de xilogravuras. Ana Fátima, também conhecida como Fatinha Carvalho, iniciou essa série de trabalhos durante a pandemia da Covid-19 em 2020. Ela escolheu o nome “Marias” porque acredita que todas as mulheres enfrentaram desafios significativos durante esse período, com a família confinada em casa, teletrabalho e muitas demandas. A inspiração para a exposição veio da icônica canção de Milton Nascimento, “Maria, Maria”, que representa a garra e a resiliência feminina. A própria família de Fatinha, composta por oito irmãs e um irmão, também é uma fonte de inspiração. A exposição apresenta 12 xilogravuras com 60 cm de diâmetro e outras 10 com 32 cm de diâmetro. Além disso, as matrizes que deram origem às impressões em papel e tecido também serão exibidas. Vale ressaltar que a série ainda está em andamento, com outras “Marias” a serem criadas. A curadoria da exposição é assinada conjuntamente por Ana Fátima Carvalho e Rachel Falcão, também artista plástica e professora coordenadora do Núcleo de Arte & Ofícios da FAOP, doutora em artes visuais pela Escola de Belas Artes (UFMG) . Fatinha já realizou mais de 15 exposições individuais e participou de várias coletivas, sendo premiada em concursos de gravura e tapetes devocionais. Desde 2009, ela atua como professora e monitora em oficinas culturais, com foco especial na xilogravura 

A Artista 

Ana Fátima Carvalho é uma talentosa artista plástica com formação em desenho, pintura e gravura pela Escola de Arte Rodrigo Melo Franco de Andrade da Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP). Ela atua em diversas áreas relacionadas à arte e cultura, incluindo como professora de artes plásticas, arte/educadora, curadora de exposições e feiras, e produtora cultural em eventos.

Leia Também:

Seu foco artístico está na área de gravura, especialmente na xilogravura. Ana Fátima já realizou mais de 15 exposições individuais e participou de várias exposições coletivas. Ela foi premiada no Salão de Gravura do SESI Rio de Janeiro, no Concurso Natal Nota Dez da FAOP e no Concurso de Tapetes Devocionais da Associação Comercial de Ouro Preto. Além disso, desde 2009, ela ministra oficinas culturais e atua como monitora em eventos culturais.

Entre 2013 e 2017, Ana Fátima integrou a equipe do CASP-AD, onde desenvolveu trabalhos de arte, cultura, artesanato e reciclagem nas oficinas terapêuticas. Ela também faz parte do corpo docente da Escola de Arte da FAOP, onde leciona desde 2009. Recentemente, participou da Residência Artística promovida pelo Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto (IA Ouro Preto) na edição de 2022. Desde 2023, ministra oficinas de estandartes afetivos e estamparia artesanal no distrito ouro-pretano de Antônio Pereira.

Ana Fátima também é membro da equipe de coordenação do Projeto Sextas Abertas da FAOP desde sua primeira edição em 2016, oferecendo oficinas e coordenando a Feira de Arte e Artesanato. Em reconhecimento à sua trajetória artística, ela recebeu uma Moção de Aplausos na Câmara Municipal de Ouro Preto.

Sobre a  xilogravura

A xilogravura, técnica milenar utilizada por Ana Fátima, envolve o uso de madeira como matriz para criar imagens reproduzíveis. Com ferramentas afiadas como goivas e formões, a artista entalha o desenho na madeira, deixando em relevo as partes que receberão a tinta. Essa tinta, aplicada com um rolo de borracha rígida, transfere a imagem para o papel ou outro suporte, resultando em estampas únicas e expressivas .

Serviço
 
Exposição “Marias”, de Ana Fátima Carvalho
 
Abertura: 23 de maio de 2024
 
Período de visitação: 24 de maio a 26 de junho de 2024
 
Onde: Centro de Arte Popular | CAP (Rua Gonçalves Dias, 1608 – Lourdes – Belo Horizonte)
 
Curadoria: Rachel Falcão e Ana Fátima Carvalho
Horário: terça a sexta, das 12h às 18h30; sábado e domingo, das 11h às 17h
 
(Imagens 1, 2, 3)
 
Receba notícias da RCWTV no Whatsapp e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site!
 
FONTE/CRÉDITOS: Assessoria de Comunicação Ascom
Comentários:
Jordana Alves

Publicado por:

Jordana Alves

ESTUDANTE DE JORNALISMO SUPERIOR

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )