Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 15 de Junho de 2024
rcwtv
rcwtv

Política

Zema busca renegociação da dívida de Minas para aliviar impacto nos municípios

Reunião com prefeitos discute estratégias para estender prazo de pagamento e reduzir juros da dívida pública estadual

Carlos Aquino
Por Carlos Aquino
/ 74 acessos
Zema busca renegociação da dívida de Minas para aliviar impacto nos municípios
Cristiano Machado / Imprensa MG
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O governador Romeu Zema se reuniu nesta terça-feira (28) com prefeitos de todo o estado para abordar a urgência e as estratégias de renegociação da dívida de Minas. O encontro, promovido pela Associação Mineira dos Municípios (AMM) e presidido pelo prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vinícius, teve como foco a apresentação e discussão de alternativas que possam aliviar o ônus financeiro do estado e, por conseguinte, dos municípios mineiros.

Participaram do encontro, além do governador Romeu Zema, o secretário de Estado de Governo, Gustavo Valadares; o secretário de Estado de Fazenda, Gustavo Barbosa; a secretária de Planejamento e Gestão, Luísa Barreto, e o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio.

Durante a reunião, Zema destacou a importância da renegociação para equilibrar as contas do estado, salientando que a medida terá impacto positivo também nos municípios mineiros. Atualmente, a dívida pública estadual atinge a marca de R$165,77 bilhões, sendo que 94,4% desse montante se refere a valores devidos à União ou dívidas com instituições financeiras que têm a União como garantidora.

Leia Também:

O governador comparou a renegociação a um "refis do setor privado", explicando que a proposta é substituir o prazo atual de pagamento de cinco anos por um período mais extenso de 30 anos. "Qual prefeito aqui presente não iria querer trocar uma dívida de cinco para uma de trinta anos?", questionou Zema.

Romeu Zema também abordou a questão da correção dos contratos entre os entes federativos, criticando os valores praticados pelo Governo Federal. Ele ressaltou que a cobrança de taxa, em alguns casos, é superior àquela feita por bancos. A dívida, segundo Zema, tem impacto significativo nas finanças do estado, com juros que chegam a R$16 bilhões, comprometendo o orçamento. Em caso de não adesão à renegociação, o governador alertou que o estado terá que desembolsar R$18 bilhões no próximo ano, afetando ainda mais o equilíbrio financeiro.

 

Se você achou esta matéria interessante e relevante, compartilhe com seus amigos e familiares.

Para receber as principais notícias do dia na palma da sua mão, participe do nosso grupo no WhatsApp. Lá, você terá acesso a atualizações em tempo real. Não perca tempo, junte-se a nós agora.

Comentários:
Carlos Aquino

Publicado por:

Carlos Aquino

Cursando Jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )