Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024
rcwtv
rcwtv

Cultura e Entretenimento

Você avança quando entende isso! (Parte II)

O avanço pessoal é alcançado ao aprender a filtrar e posicionar corretamente as opiniões alheias, reconhecendo que estas frequentemente refletem mais as crenças e experiências do outro do que a nossa realidade.

Mônica Reis
Por Mônica Reis
Você avança quando entende isso! (Parte II)
Freepik
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Você avança quando coloca a opinião das pessoas no lugar correto. Mais uma vez, volto a escrever sobre o que nos faz avançar. E outro fato importante que nos faz crescer é aprender a filtrar aquilo que ouvimos das outras pessoas. Cada pessoa traz consigo uma “bagagem” recheada de influências da sua história de vida, seus valores, suas crenças, seus traumas e isso pertence àquela pessoa, não a nós.

Todos nós, quando emitimos uma opinião a respeito de alguém (ou de alguma situação), normalmente estamos sendo influenciados por essa bagagem. É muito difícil separar os nossos valores e crenças das nossas avaliações. O fato é, que mesmo quando acreditamos que estamos falando algo a respeito de uma outra pessoa, é bem provável que a nossa opinião e avaliação, esteja mais carregada de nós mesmos do que do outro.

Compreender isso é importante para colocar a opinião do outro no lugar certo. Nem sempre aquilo que estão dizendo a nosso respeito pertence a nós. Precisamos aprender a filtrar. Uma pessoa que não goste de você, por exemplo, tenderá a fazer uma avaliação sua com muito mais critérios e buscará enaltecer vários aspectos negativos a seu respeito. Outra pessoa que goste de você, provavelmente irá enfatizar os seus aspectos positivos. Alguém com uma posição de um pouco mais de neutralidade a seu respeito fará uma avaliação diferente. De qualquer modo, a avaliação poderá mudar bastante dependendo do avaliador.

Publicidade

Leia Também:

Por isso, é importante não depender da aprovação nem da validação do outro sobre você. As pessoas normalmente estão falando muito delas mesmas e não de você. Então pense comigo: “qual o sentido, em colocar um peso tão grande assim, na opinião do outro a meu respeito se essa opinião fala mais dele, do que de mim?” Mas como podemos lidar com isso?

Primeiro, precisamos compreender que o outro fala de suas crenças, seus valores, por tanto, de si mesmo. Depois devemos fazer o nosso caminho de volta para nós mesmos. É preciso se conhecer, entender quem você é de fato. Valorizar e reconhecer as suas aptidões, seus talentos, seus dons. Mas também acolher aquela parte sua que você prefere esconder, não assumir. É só reconhecendo o que precisamos melhorar, que conseguimos melhorar. Quando estamos firmados em quem realmente somos, descobrimos que temos o poder de decidir o que fazer acerca do que o outro pensa a nosso respeito. Podemos, inclusive, decidir se essa opinião vai nos afetar ou não. Normalmente, nos afeta aquilo que ativa as nossas crenças.  

Quando colocamos a opinião do outro no lugar certo, podemos escolher entre seguir adiante ou ficar remoendo e ruminando sobre o que o outro acredita que sabe a nosso respeito. Conseguimos lidar melhor com as ofensas. Conseguimos amadurecer. Você avança quando entende isso, você não precisa carregar a bagagem de outra pessoa. E você pode seguir em frente, mesmo que isso incomode o outro.

 

Autora:

Mônica Reis é esposa e mãe de três garotos lindos de viver. Uma pessoa curiosa que gosta de conhecer novos lugares e de ler que é outra forma de viajar. É formada em Psicologia e possui Especialização em Terapia Cognitivo-Comportamental e em Saúde Mental e Atenção Psicossocial. Atua no âmbito clínico atendendo jovens e adultos. Desde 2020 tem se reunido com outros colegas de maneira independente para estudar temas diversos, incluindo livros e artigos de autores relacionados as Terapias Cognitivo-Comportamentais. Isso tem lhe permitido trocar experiências relacionadas a profissão e a prática clínica. Instagram: @bymonicareis.

Comentários:
Mônica Reis

Publicado por:

Mônica Reis

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )