Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 13 de Abril de 2024
rcwtv
rcwtv

Juiz de Fora

Vigilância Sanitária e Procon reforçam fiscalização do Comércio Popular em Juiz de Fora

Aumento das apreensões de produtos impróprios para consumo motiva integração das equipes de fiscalização

Redação
Por Redação
Vigilância Sanitária e Procon reforçam fiscalização do Comércio Popular em Juiz de Fora
Imprensa PJF
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A partir desta semana, a Vigilância Sanitária e o Procon da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) unem forças para intensificar a fiscalização do Comércio Popular. Essa medida surge como resposta ao crescente número de apreensões de produtos impróprios para consumo na região.

Com o objetivo de combater a venda de itens prejudiciais à saúde dos consumidores, a secretária de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas, Aline Junqueira, ressalta a importância dessa ação conjunta entre os setores de fiscalização. Ela destaca que esses produtos requerem um armazenamento adequado para a comercialização, o que muitas vezes não ocorre nas ruas. Dessa forma, a integração das equipes torna-se fundamental para garantir a segurança da população e autuar os responsáveis por fomentar essa prática.

O subsecretário da Vigilância em Saúde da PJF, Jhonathan Tomaz, enfatiza o papel vital desempenhado pelas equipes da Vigilância Sanitária durante as operações de fiscalização, visando proteger a população de riscos à sua saúde. Além da atenção voltada ao comércio popular, as ações de fiscalização também abrangerão estabelecimentos comerciais que possam estar colaborando no armazenamento desses produtos.

Leia Também:

Diariamente, as operações de fiscalização do comércio popular são realizadas na região central e em diversos bairros da cidade, com o objetivo de coibir práticas irregulares e garantir a qualidade dos produtos comercializados.

Estabelecimentos que apoiam o armazenamento ilegal de mercadorias serão alvo de punição por parte da Prefeitura. A fiscalização da PJF intensificará suas atividades para identificar e responsabilizar estabelecimentos comerciais que sirvam como depósito de mercadorias destinadas ao comércio clandestino e irregular. A prática irregular, de acordo com o Artigo 28 da Lei Municipal N°14.403, está sujeita a multa no valor de R$ 5.931,89, bem como à cassação do alvará de localização.

Com essas medidas, a Prefeitura de Juiz de Fora busca coibir práticas prejudiciais à saúde dos consumidores e reforçar a importância da regularidade e da qualidade dos produtos comercializados, visando assegurar a segurança e o bem-estar de todos os cidadãos.

 

Receba notícias da RCWTV no Whatsapp e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site! Participe do nosso grupo: Clique aqui

FONTE/CRÉDITOS: Imprensa PJF
Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )