Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Quarta-feira, 24 de Abril de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Esporte

Tupynambás apresenta local na BR-040 onde será construído o CT

Espaço tem 726 mil m² e é 40 vezes maior que a antiga sede

Pedro Pagangrizo
Por Pedro Pagangrizo
Tupynambás apresenta local na BR-040 onde será construído o CT
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O presidente do Tupynambás, Cláudio Dias, divulgou o local e detalhes de onde será construído o Centro de Treinamentos do Baeta, em Juiz de Fora. De acordo com ele, o terreno tem 726 mil m², está situado no km 765 da BR 040, na entrada de Juiz de Fora, sentido Belo Horizonte, próximo ao posto da PRF. "Em breve iremos divulgar o projeto aprovado, pois estamos analisando algumas propostas apresentadas ao clube. A princípio, o projeto, seja qual for o aprovado, terá dois campos oficiais, alojamento para atletas, enfim, toda estrutura necessária para o funcionamento adequado de um departamento de futebol", disse.

O presidente destacou que como se trata de um terreno quase 40 vezes maior que a antiga sede de Santa Teresa, é possível com o tempo expandir o CT, desde que se tenha recursos disponíveis.

Cláudio ainda esclareceu que a Sede Social do Tupynambás permanece em Santa Teresa, pois não foi negociado todo o terreno.

Leia Também:

PROCESSO CONTRA JORNALISTA

O presidente Cláudio Dias afirmou ter divulgado detalhes do projeto, após tomar ciência de publicações do jornalista Matheus Brum sobre a construção do CT. "Solicitei ao jurídico do clube que tomasse as medidas necessárias, a princípio através do clube, o que não impede uma outra ação futura da minha parte. Antes de tudo, é bom salientar, que eu nunca tive qualquer contato com este 'jornalista' (o presidente pontuou a palavra entre aspas), por celular, mensagens, e muito menos pessoalmente, portanto, todas as vezes que ele citou meu nome, não se trata se uma informação que ele obteve diretamente comigo, o que configura um erro básico de qualquer jornalista que queira cobrir qualquer assunto, de forma séria, imparcial e que possua credibilidade", disse.

O presidente desmentiu informações publicadas, segundo ele, pelo jornalista, questionando a não existência do CT, falta de transparência na venda da sede, entre outros pontos. Veja o que disse o presidente em relação ao assunto:

"Este 'jornalista' faz afirmações sem o mínimo conhecimento do que diz ser conhecedor, como por exemplo:

- Não existe Sede/CT: O terreno existe e está quitada. Essa informação já foi divulgada pela imprensa local, e mesmo assim ele insiste, erroneamente, em desinformar as pessoas, criando factóides.

Não há transparência na venda da sede: O Tupynambás NÃO é um entidade pública, NÃO se trata de verba pública, e ele não é sócio proprietário do clube, desta forma, não é obrigação do clube informá-lo a respeito de qualquer assunto interno, até porque, no contrato de venda há cláusula de confidencialidade, o que proíbe o clube de divulgar detalhes do contrato.

Só para deixar claro, foram feitas diversas assembleias com os sócios proprietários a respeito deste assunto, sendo todas as pautas aprovadas por unanimidade, com presença de representante oficial do cartório, que confeccionou as atas notariais, o que comprova o total desconhecido deste "profissional"...

Outra informação que ele deixa sempre em dúvida, é a respeito do destino do valor referente a venda de parte da antiga sede.

Sempre informei aos jornalistas que entraram em contato comigo, que o Tupynambás não recebeu a maior parte do valor, cerca de 80%, sendo o valor recebido utilizado para quitar o terreno onde será o Novo CT, e despesas com o clube/futebol.

Até a presente data, não recebemos o valor principal, diferente do que diz nas entrelinhas das suas postagens, este "jornalista".

Ele mesmo cita, que procurou o Ministério Público, e que sua denúncia foi arquivada, mais uma prova que os questionamentos levantados por ele, não possuem o embasamento necessário, e mesmo assim ele continua a publicar inverdades, sem ao menos, repito, ter falado sequer uma única vez comigo.

O "jornalista", em suas postagens , desrespeita, inclusive, outros profissionais da área, o que é deplorável e insano.

Na verdade, qualquer reportagem a respeito da venda de parte da antiga sede do Tupynambás, deve antes de tudo ouvir as partes, separar pessoa física de pessoa jurídica, relatando os verdadeiros pontos e motivos.

É claro, que nenhum sócio do clube gostaria que parte da sede fosse negociada, mas um jornalista sério, procuraria saber os motivos que levaram a essa negociação.

O Tupynambás estava indo a leilão, área total, pela metade do valor que foi negociado, devido a diversas dívidas de gestões anteriores.

A sede, para poder ser utilizada, dependia de várias adequações estruturais, que são exigências dos Bombeiros (AVCB), sendo que o clube não possuía a mínima condição financeira de realizar.

Diante deste cenário, a opção foi negociar parte da sede, para tentar preservar o patrimônio.

Se o clube tivesse recursos disponíveis, jamais teria negociado parte da sede. Portanto, não foi uma opção, foi sim, a única solução encontrada".

Ainda de acordo com Cláudio, "hoje, o Tupynambás está com todas as suas contas em dia, e possui todas as certidões negativas, situação bem diferente de muitos clubes do país".

A nossa reportagem entrou em contato com o jornalista Matheus Brum, que confirmou estar surpreso com a ação movida na justiça pelo Tupynambás. "Reforço que todas as opiniões e reportagens feitas estão com base em documentos obtidos via Lei de Acesso à Informação. Sou jornalista diplomado e registrado há seis anos, com reportagens escritas e veiculadas nos principais jornais e emissoras do país. Também sou pesquisador da história do futebol de Juiz de Fora e apuro a venda do Tupynambás há quase dois anos", afirmou.

Sobre o processo, o jornalista disse ainda não foi intimado e, portanto, não teve a defesa constituída. "Portanto, só irei me pronunciar quando tiver acesso à íntegra do processo. Me encontro tranquilo, sabedor de que a História é soberana e mostrará quem está certo. E sabendo que o bom jornalismo sempre há de prevalecer sobre aqueles e aquelas que, porventura, tentam calá-lo", finalizou.

 

 

 

Receba notícias da RCWTV no Whatsapp e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site! Participe do nosso grupo:
https://chat.whatsapp.com/EeSJvQx8kVA3J3kMmSevMw

 

Curta e siga nossas redes sociais


#noticias de juiz de fora, #juiz de fora, #rcwtv, #noticias minas gerais, #pjf, #notícias em juiz de fora, #notícias em minas gerais, #noticias mg

Comentários:
Pedro Pagangrizo

Publicado por:

Pedro Pagangrizo

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )