Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Segunda-feira, 22 de Julho de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Saúde

Tratamento Contra Câncer de Cérebro Revela Mudanças no DNA Tumoral

Pesquisa da USP observa alterações em genes de tumores após quimio e radioterapia, sugerindo novas abordagens terapêuticas

João Vítor Fonseca
Por João Vítor Fonseca
/ 53 acessos
Tratamento Contra Câncer de Cérebro Revela Mudanças no DNA Tumoral
A pesquisa foi conduzida no Laboratório de Epigenômica do Câncer da FCFRP-USP (foto: acervo dos pesquisadores)
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Um estudo inovador publicado na revista Cancer Research mostra que tratamentos tradicionais para gliomas, um tipo comum de câncer cerebral, podem modificar o comportamento do DNA tumoral, aumentando a agressividade da doença. A descoberta, feita por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), pode levar a mudanças significativas nas abordagens terapêuticas.

Gliomas: Desafios e Descobertas

Gliomas representam 42% dos tumores cerebrais e 77% dos malignos, segundo o A.C.Camargo Cancer Center. A incidência aumenta com a idade, afetando principalmente pessoas entre 75 e 84 anos. O estudo da USP, liderado por Tathiane Malta, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, analisou 132 pacientes, fazendo a maior avaliação longitudinal de gliomas já registrada.

Leia Também:

Os pesquisadores descobriram que tratamentos como quimioterapia e radioterapia podem provocar alterações epigenéticas nos tumores, transformando gliomas de baixo grau em tumores mais agressivos. "Observamos que essas mudanças epigenéticas estão ligadas à progressão para tumores mais agressivos", explica Malta.

Impactos Epigenéticos

Os cientistas identificaram várias mudanças no epigenoma dos gliomas, incluindo maior proliferação de células tumorais e alterações no microambiente tumoral. Especialmente significativo foi o efeito nos pacientes com mutação IDH1, que inicialmente tinham um melhor prognóstico, mas mostraram um aumento na agressividade do tumor após o tratamento. "Os níveis iniciais de metilação do DNA diminuem progressivamente após a quimio ou radioterapia, tornando os tumores mais agressivos", relata Malta.

Novas Abordagens Terapêuticas

Este estudo sugere que a regulação epigenética pode ser crucial para a progressão do câncer, abrindo caminho para novas estratégias de tratamento. Os próximos passos incluem testes in vitro e em modelos vivos para confirmar os resultados.

Conclusão e Próximos Passos

Os pesquisadores enfatizam a necessidade de novos estudos para entender plenamente as implicações dessas descobertas. "Baseamo-nos em uma coorte retrospectiva com dados de várias instituições, então é essencial considerar possíveis vieses", alerta Malta.

Para mais detalhes, leia o artigo completo: The Epigenetic Evolution of Glioma Is Determined by the IDH1 Mutation Status and Treatment Regimen.

Mantenha seus amigos informados... Compartilhe esta matéria!

Acesse o nosso site e receba notícias da RCWTV no Whatsapp. Participe do nosso grupo e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site!

Curta e siga nossas redes sociais.

FONTE/CRÉDITOS: Agência FAPESP
Comentários:
João Vítor Fonseca

Publicado por:

João Vítor Fonseca

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )