Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 22 de Junho de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Giro de Notícias

Superação e Empoderamento: A Luta das Mulheres Contra a Violência Doméstica em Minas Gerais

Serviço Estadual Oferece Apoio Psicossocial e Jurídico para Mulheres em Situação de Violência

Marcus Macedo
Por Marcus Macedo
/ 76 acessos
Superação e Empoderamento: A Luta das Mulheres Contra a Violência Doméstica em Minas Gerais
Lila Alves / Sedese
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

No coração de Minas Gerais, mulheres vítimas de violência doméstica encontram um refúgio e um caminho para a superação no Centro Risoleta Neves de Atendimento à Mulher (Cerna). Mantido pelo Governo de Minas Gerais através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), o Cerna tem sido um porto seguro para mulheres como I.S.G., 50 anos, que chegou ao centro "machucada e fraca" e encontrou o apoio necessário para começar a reconstruir sua vida.

Desde 2019, o Cerna já assistiu 897 mulheres, com um número crescente de atendimentos que reflete a contínua demanda por serviços de apoio à mulher em situação de violência. O centro oferece atendimento psicossocial e orientações jurídicas, crucial para que as mulheres possam entender seus direitos e buscar justiça contra seus agressores.

Os relatos de mulheres como P.G.R. e J.M.N. ilustram a complexidade e a profundidade do problema da violência doméstica, muitas vezes perpetrada por pessoas próximas e familiares. O Cerna trabalha para interromper esse ciclo de violência, fornecendo não apenas suporte psicológico, mas também orientação jurídica que empodera as mulheres a tomarem ações legais contra seus agressores.

Leia Também:

A coordenadora do Cerna, psicóloga Luíza Santiago de Assis, detalha o processo de acolhimento e apoio, que inicia com um atendimento pela assistente social e segue com um trabalho focado no fortalecimento da mulher. Além do atendimento individual, o centro oferece grupos de apoio que promovem a troca de experiências e o fortalecimento mútuo entre as vítimas de violência.

Bárbara Duarte Queirós, advogada do Cerna, destaca a importância da orientação jurídica no processo de recuperação das mulheres, muitas das quais chegam ao centro sem conhecimento dos seus direitos. A assistência jurídica ajuda a desmistificar ameaças feitas pelos agressores, como a perda da guarda dos filhos, e reforça a confiança das mulheres para prosseguir com as denúncias.

As histórias de superação, como a de I.S.G., demonstram o impacto positivo do atendimento recebido no Cerna. Mulheres que chegaram desacreditadas e fragilizadas encontraram um espaço de acolhimento, respeito e suporte, onde puderam reconstruir a autoestima e vislumbrar um futuro livre de violência.

O Cerna também expandiu sua atuação para o interior de Minas Gerais, capacitando centros de referência em diversas cidades para oferecer atendimento especializado em violência doméstica. Além disso, uma parceria inédita com a Polícia Civil em Contagem viabilizou o primeiro acolhimento em casos de flagrante delito contra mulheres, ampliando o acesso a serviços especializados e reforçando a rede de proteção às vítimas de violência doméstica no estado.

Com essas ações, o Governo de Minas Gerais reafirma seu compromisso com a defesa dos direitos das mulheres, promovendo a superação da violência doméstica e contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

FONTE/CRÉDITOS: SEDESE - Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social
Comentários:
Marcus Macedo

Publicado por:

Marcus Macedo

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )