Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 02 de Marco de 2024
rcwtv
rcwtv

Saúde

Saúde quer vacinar 6,6 milhões de pessoas contra a gripe no Norte

Estimativa é que 6,6 milhões de pessoas sejam imunizadas. Foram enviadas 7 milhões de doses da vacina trivalente, que protege contra as três cepas que mais circulam no Brasil.

Redação
Por Redação
Saúde quer vacinar 6,6 milhões de pessoas contra a gripe no Norte
© Paulo Pinto/ Agência Brasil/Arquivo
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Publicidade

Leia Também:

Com o início do Inverno Amazônico, período de maior circulação viral e de transmissão da gripe na região, o Ministério da Saúde inicia nesta quarta-feira (22) uma ação de mobilização para incentivar a vacinação contra a influenza na Região Norte.

A ação segue até o dia 15 de dezembro, com o Dia D previsto para o próximo sábado (25). A estimativa da pasta é que 6,6 milhões de pessoas sejam imunizadas. Foram enviadas 7 milhões de doses da vacina trivalente, que protege contra as três cepas que mais circulam no Brasil.

Em nota, o ministério reforçou que a vacina contra a gripe pode ser administrada junto a outros imunizantes do Calendário Nacional de Vacinação. Crianças que vão receber o imunizante pela primeira vez devem tomar duas doses, com um intervalo de 30 dias entre cada uma.

Podem se vacinar:

- crianças de 6 meses a menores de 6 anos;

- crianças indígenas de 6 meses a menores de 9 anos;

- trabalhadores da saúde;

- gestantes;

- puérperas;

- professores dos ensinos básico e superior;

- povos indígenas;

- idosos com 60 anos ou mais;

- pessoas em situação de rua;

- profissionais das forças de segurança e de salvamento;

- profissionais das Forças Armadas;

- pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (independentemente da idade);

- pessoas com deficiência permanente;

- caminhoneiros;

- trabalhadores do transporte rodoviário coletivo (urbano e de longo curso);

- trabalhadores portuários;

- funcionários do sistema de privação de liberdade;

- população privada de liberdade, além de adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas (entre 12 e 21 anos).

FONTE/CRÉDITOS: Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil
Comentários:
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )