Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Domingo, 16 de Junho de 2024
rcwtv
rcwtv

Giro de Notícias

Queijo Cabacinha é reconhecido como patrimônio cultural e imaterial de Minas Gerais

Tradicional iguaria do Vale do Jequitinhonha recebe título oficial pelo governo do estado

Redação
Por Redação
/ 336 acessos
Queijo Cabacinha é reconhecido como patrimônio cultural e imaterial de Minas Gerais
Daniel Arantes/Epamig
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Em uma iniciativa que celebra a tradição gastronômica e cultural de Minas Gerais, o Queijo Cabacinha, conhecido por seu formato peculiar em homenagem à cabaça, fruto milenar utilizado em artesanatos, foi oficialmente reconhecido como patrimônio cultural e imaterial do estado. O governador Romeu Zema sancionou a lei no início deste mês, desencadeando comemorações entre os produtores que mantêm viva a história dessa iguaria no Vale do Jequitinhonha.

Segundo a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG), o Queijo Cabacinha é produzido por 160 famílias em sete municípios da região, remetendo suas origens à metade do século 20, embora ainda haja estudos em andamento para uma compreensão mais aprofundada de suas raízes culturais.

Reconhecimento Oficial

O processo de reconhecimento de variedades dos queijos artesanais e a caracterização das regiões produtoras em Minas Gerais são atribuições do Estado. A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), juntamente com entidades como a Emater-MG, a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), desempenham um papel fundamental nesse reconhecimento.

Leia Também:

Desde 2021, a Epamig lidera pesquisas em colaboração com as universidades federais de Minas Gerais (UFMG) e São João del-Rei (UFSJ), com o objetivo de subsidiar a caracterização do Queijo Cabacinha. Além disso, estudos estão sendo realizados para garantir o consumo seguro desses produtos.

Caminho para a Regulamentação

As pesquisas científicas estão em andamento, abrangendo os processos de fabricação, análises sensoriais e entrevistas com mestres queijeiros e comerciantes. Nessa direção, técnicos da Emater-MG estão sendo capacitados por pesquisadores da Epamig para a coleta de amostras em 30 queijarias a partir do próximo mês de agosto.

Uma vez publicado o estudo, que trará esclarecimentos sobre o modo tradicional de fazer o Queijo Cabacinha, o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) desenvolverá o Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade do produto, estabelecendo os padrões e requisitos mínimos de qualidade a serem seguidos pelos produtores.

Tradição e Família

O Queijo Cabacinha é exclusivamente produzido com leite cru de vaca e passa por um processo de coagulação por geleificação, usando soro fermentado e coalho ou coagulante. As etapas seguintes envolvem a mexedura e o aquecimento, transformando o leite em coalhada, seguido do processo de fermentação, que pode durar de 12 a 24 horas. O queijo é moldado manualmente e imerso em água quente antes de passar por um período de maturação.

Esse título de patrimônio cultural e imaterial é uma conquista para os produtores e apreciadores do Queijo Cabacinha, que carregam consigo a tradição familiar e o amor por essa atividade. Itamar Mauricio Gomes, pequeno produtor rural, relata que a tradição foi herdada dos pais e hoje envolve toda a família em seu cultivo e produção.

Com o apoio da Emater-MG, Itamar e outros 17 mestres queijeiros de várias cidades da região almejam criar uma associação de produtores do Queijo Cabacinha, uma ideia que já vem sendo cultivada desde 2007 e agora ganha mais força com o suporte de instituições como a Ocemg, o Sicoob e o Senar.

O título de patrimônio cultural e imaterial reforça a importância e a relevância histórica dessa iguaria tão apreciada em Minas Gerais. A tradição se mantém viva graças ao esforço e dedicação das famílias produtoras, preservando um legado que faz parte da identidade cultural do estado.

Receba notícias da RCWTV no Whatsapp e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site! Participe do nosso grupo: https://chat.whatsapp.com/EeSJvQx8kVA3J3kMmSevMw

FONTE/CRÉDITOS: SECOM - Superintendência de Imprensa
Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )