Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Terça-feira, 18 de Junho de 2024
rcwtv
rcwtv

Economia

PIB do agronegócio de Minas Gerais ultrapassa R$ 228 bilhões em 2023

Setor representa 22,2% do PIB estadual, com crescimento real de 6%

Júlia Paes
Por Júlia Paes
/ 123 acessos
PIB do agronegócio de Minas Gerais ultrapassa R$ 228 bilhões em 2023
Dirceu Aurélio / Imprensa MG
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio de Minas Gerais alcançou um recorde de R$ 228,6 bilhões em 2023, representando 22,2% do PIB total do estado. Este valor reflete um crescimento real de 6% e uma variação média de preços de 0,2%. Comparado a 2022, quando o PIB do setor foi de R$ 215,4 bilhões, houve um aumento de R$ 13,2 bilhões.

Os dados foram apresentados pela Fundação João Pinheiro (FJP) nesta segunda-feira (10/6) na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), em Belo Horizonte. O evento contou com a presença do vice-governador, Professor Mateus, do secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Thales Fernandes, e do presidente da Faemg, Antônio de Salvo, entre outras autoridades.

"Para o Governo de Minas, é uma satisfação poder apresentar esses dados. Isso demonstra a evolução que tivemos desde 2019", destacou o vice-governador Professor Mateus. Ele também ressaltou que o agronegócio tem crescido mais que a média da economia geral de Minas Gerais, mesmo com a redução nos preços das commodities, evidenciando o aumento da produtividade dos produtores rurais.

Leia Também:

Avanços na Produção e Diversificação

O crescimento do PIB do agronegócio em Minas Gerais também reflete o avanço na fabricação de alimentos, bebidas, celulose e biocombustíveis. Na produção florestal, a demanda por madeira para celulose e a manutenção da demanda por carvão vegetal e lenha para a metalurgia mineira também contribuíram significativamente.

O secretário Thales Fernandes atribuiu esses resultados ao trabalho conjunto entre o governo e instituições como o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), a Emater-MG e a Epamig. “Temos uma diversidade muito grande de produtos de valor agregado, como queijos, azeite, vinho e cachaça, que também contribuem para o crescimento do PIB", afirmou.

O presidente da Faemg, Antônio de Salvo, elogiou o diálogo com o governo, destacando que nunca houve uma comunicação tão eficaz com o setor agropecuário em gestões anteriores.

Produção de Soja, Café e Cana-de-Açúcar em Alta

Conforme dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) do IBGE, a colheita de soja em Minas Gerais aumentou de 7,6 milhões de toneladas em 2022 para 8,5 milhões de toneladas em 2023. O café teve um aumento de 1,4 para 1,7 milhão de toneladas, a cana-de-açúcar de 73,3 para 82,5 milhões de toneladas e o milho de 7,8 para 8,3 milhões de toneladas.

No entanto, os preços das commodities caíram: a soja ficou 22% abaixo da média de 2022, o café 24% e o milho 25%.

Metodologia do Cálculo

A FJP utiliza a Tabela de Recursos e Usos (TRU) e a Matriz Insumo-Produto (MIP) para calcular o PIB do agronegócio. Estes instrumentos permitem desagregar dados entre agricultura, pecuária e produção florestal, apresentando uma visão detalhada da cadeia produtiva.

“Esses números traduzem uma história de sucesso. O futuro promete ser ainda melhor, enriquecendo nossas cidades e o interior,” afirmou Luciana Braga, presidente da FJP.

O resultado demonstra que o agronegócio continua a ser um pilar fundamental da economia mineira, com potencial para crescer ainda mais nos próximos anos.

Comentários:
Júlia Paes

Publicado por:

Júlia Paes

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )