Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sexta-feira, 01 de Marco de 2024
rcwtv
rcwtv

Policial

PCMG INSTITUI O "CHAME A FRIDA" EM JUIZ DE FORA

Também será possível agendar um horário para atendimento presencialmente na unidade policial

Redação
Por Redação
PCMG INSTITUI O
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.


A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), por meio da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) em Juiz de Fora, instituiu nesta terça-feira (28/3), o "Chame a Frida". A coletiva de lançamento aconteceu na Casa  da Mulher, no bairro Vitorino Braga e contou com a participação do Secretário de Justiça e Segurança Pública Rogério Greco
A Frida é uma atendente virtual que utiliza o aplicativo de mensagens instantâneas Whatsapp para atender, de forma imediata, às solicitações de mulheres vítimas de violência, por meio de mensagens pré-programadas.

A vítima iniciará uma conversa pelo número (31) 99141-6954 e, de forma automática, será feito o acolhimento, repassadas orientações, informações sobre a Lei Maria da Penha, sobre as medidas protetivas de urgência e acionamentos necessários em casos de violência.

Também será possível agendar um horário para atendimento presencialmente na unidade policial.

Publicidade

Leia Também:

De acordo com a chefe do 4º Departamento de Polícia Civil em Juiz de fora, delegada-geral Flávia Mara Camargo Murta, o objetivo principal do projeto é facilitar a comunicação entre mulheres em situação de violência e a Polícia Civil. "Também será possível fazer agendamentos de atendimento na unidade de segunda à sexta-feira, de 8h30 as 12h e de 14h as 18h.
 
Também estiveram presentes no lançamento, a Secretária de Desenvolvimento Social, Elizabeth Jucá, o Subsecretário de Direitos Humanos, Duílio Campos, o Secretário Municipal de Direitos Humanos, Biel Rocha, a Secretária Municipal de Assistência Social, Malu Salim e a coordenadora da Casa da Mulher, Fernanda Moura. 

Atendimentos

A mulher em situação de violência também pode obter informações, fazer registro de ocorrência e solicitarvmedidas protetivas de urgência pessoalmente na Deam – no 2º andar do Santa Cruz Shopping, Rua Jarbas de Lery Santos, 1.655, Centro de Juiz de Fora.
A PCMG ainda possibilita o registro de violência doméstica e familiar contra a mulher por meio da Delegacia Virtual. De forma on-line, a mulher pode registrar crimes de lesão corporal, ameaça, vias de fato e descumprimento de medida protetiva, além de fazer a solicitação de medidas protetivas de urgência.

Comentários:
Redação

Publicado por:

Redação

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )