Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 18 de Maio de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Região

MPMG Inicia Fiscalizações em Barragens de Minas Gerais

Promotores de Justiça iniciam série de visitas para avaliar desativação de estruturas a montante

Isadora Benetelli
Por Isadora Benetelli
/ 51 acessos
MPMG Inicia Fiscalizações em Barragens de Minas Gerais
Ministério Público de Minas Gerais
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) deu início, nesta quarta-feira, a uma série de fiscalizações em barragens construídas pelo método a montante em todo o estado. São 38 estruturas em processo de descaracterização, conforme determinado pela Lei Mar de Lama Nunca Mais.

Avaliação Técnica

Promotores de Justiça de Defesa do Meio Ambiente lideram as visitas às barragens, acompanhados por equipes técnicas do MPMG e auditorias independentes contratadas. O objetivo é avaliar o cumprimento dos quesitos e prazos estabelecidos nos Termos de Ajustamento de Conduta.

Leia Também:

Projeto Desativando Bombas-Relógio

Essa ação faz parte do projeto Desativando Bombas-Relógio, idealizado pelo MPMG para acompanhar, de forma preventiva, o processo de desativação das estruturas a montante remanescentes. O promotor de Justiça Lucas Marques Trindade explica que as auditorias visam avaliar o progresso das etapas de descaracterização e o cumprimento dos acordos firmados.

Desafios e Prazos

A previsão é que todas as barragens a montante em Minas Gerais sejam descaracterizadas até 2035. Segundo o promotor de Justiça Carlos Eduardo Ferreira Pinto, coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Meio Ambiente, o processo não é simples e requer cautela e responsabilidade, especialmente em estruturas de nível 3 de emergência.

Acompanhamento Online

Para permitir o acompanhamento público do processo, foi disponibilizado um site específico, barragens.mpmg.mp.br, onde é possível verificar a evolução da descaracterização das 38 barragens a montante ainda existentes em Minas Gerais.

FONTE/CRÉDITOS: Ministério Público de Minas Gerais
Comentários:
Isadora Benetelli

Publicado por:

Isadora Benetelli

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )