Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Terça-feira, 18 de Junho de 2024
rcwtv
rcwtv

Região

Minas Gerais registra queda de 57% no desmatamento da Mata Atlântica

Fortalecimento da fiscalização e monitoramento contínuo resultam em preservação significativa para o estado, que abriga a maior área remanescente do bioma

Júlia Paes
Por Júlia Paes
/ 45 acessos
Minas Gerais registra queda de 57% no desmatamento da Mata Atlântica
Evandro Rodney
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Na próxima segunda-feira (27/5), Minas Gerais comemora o Dia da Mata Atlântica com uma notícia positiva: o estado registrou uma queda de 57% no desmatamento do bioma em 2023, comparado ao ano anterior. Este dado é especialmente relevante para Minas Gerais, que conserva a maior área nativa remanescente de Mata Atlântica no Brasil.

Os resultados foram divulgados pelo Atlas da Mata Atlântica, coordenado pela Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), além do Sistema de Alertas de Desmatamento (SAD) Mata Atlântica, uma parceria entre a SOS Mata Atlântica e o MapBiomas.

O governador Romeu Zema destacou o compromisso do estado com a preservação ambiental, evidenciando investimentos em fiscalização e monitoramento contínuo. "Os números alcançados representam o nosso compromisso com o meio ambiente, com investimentos, fiscalização e acompanhamento contínuos nesta gestão. Vale lembrar que o Governo de Minas também apoia e investe em energia limpa, renovável, para uma economia mais verde. Volto a dizer: é possível conciliarmos a preservação do meio ambiente com o desenvolvimento", afirmou Zema.

Leia Também:

A secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Marília Melo, também ressaltou a importância da vigilância constante no combate ao desmatamento. “Temos um estado vasto, com cerca de 32% de vegetação nativa ainda preservada e com a maior área remanescente de Mata Atlântica do país. Nosso trabalho e vigilância são contínuos, mas os números apontam que estamos no caminho certo”, disse Melo.

Os dados mostram que a área desmatada no estado caiu de 7.456 hectares em 2022 para 3.193 hectares em 2023. Esta redução é superior à média nacional, que registrou uma diminuição de 27% no desmatamento do bioma no mesmo período. O monitoramento do Instituto Estadual de Florestas (IEF) confirmou essa tendência, registrando uma redução contínua na área desmatada.

Entre janeiro e abril de 2024, foram identificados 296 alertas de desmatamento na Mata Atlântica, totalizando 1.204 hectares, comparados aos 301 alertas e 1.722 hectares no mesmo período de 2023.

Comentários:
Júlia Paes

Publicado por:

Júlia Paes

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )