Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 18 de Maio de 2024
rcwtv
rcwtv

Região

Minas Gerais Adota Queimas Prescritas para Prevenir Incêndios Florestais Antes do Período Seco

Estado Utiliza Estratégia de Manejo Integrado do Fogo em Parques Estaduais, Antecipando-se à Estiagem

Ewertom Caldeira Rodrigues
Por Ewertom Caldeira Rodrigues
/ 53 acessos
Minas Gerais Adota Queimas Prescritas para Prevenir Incêndios Florestais Antes do Período Seco
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Minas Gerais, reconhecido por suas políticas estaduais de prevenção e combate a incêndios florestais, inicia suas ações muito antes do período crítico de estiagem, destacando-se pela implementação de medidas proativas para proteger seu vasto patrimônio ambiental.

O Instituto Estadual de Florestas (IEF) está à frente desse movimento, promovendo o Manejo Integrado do Fogo em Unidades de Conservação (UCs) mineiras desde os primeiros meses do ano. Essa abordagem abrange preparação, prevenção, supressão e até mesmo o uso controlado do fogo como uma ferramenta preventiva.

A queima prescrita, prática regulamentada desde 2020, ganha destaque nos meses que antecedem a seca, quando a vegetação está mais úmida e verde. Rodrigo Bueno Belo, gerente de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais do IEF, destaca que este período é crucial para a realização dessas queimas, garantindo um maior controle sobre o fogo.

Leia Também:

O Manejo Integrado do Fogo não só previne incêndios, mas também protege recursos hídricos, fauna e flora locais. Parques estaduais como Rio Preto e Biribiri, na região do Jequitinhonha, exemplificam essa abordagem integrada, realizando queimas prescritas de forma coordenada.

Gerentes como Rodrigo Zeller, do PE Biribiri, enfatizam a importância dessas ações durante este período favorável. Antônio Carlos Godoy, do PE do Rio Preto, ressalta que esse método preserva os parques de danos irreversíveis causados por incêndios descontrolados.

Para áreas sensíveis como a Mata Atlântica, o planejamento é ainda mais minucioso. Gabriel Ávila, analista ambiental do IEF, explica que o foco é evitar a ignição na floresta, utilizando aceiros para interromper a progressão do fogo.

Unidades pioneiras como o Parque Estadual Serra do Intendente mostram que o diálogo e o aprendizado contínuo são fundamentais. Marcos Santos, gerente do PE Serra do Intendente, destaca a importância da prática regular de queimas prescritas, estabelecendo uma relação de confiança com a comunidade local.

O compromisso de Minas Gerais com a prevenção de incêndios florestais demonstra não apenas uma visão proativa, mas também um esforço conjunto para proteger e preservar seu rico ecossistema.

Mantenha seus amigos informados... Compartilhe esta matéria!
 
Acesse o nosso site e receba notícias da RCWTV no Whatsapp. Participe do nosso grupo e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site!

Curta e siga nossas redes sociais.

Comentários:
Ewertom Caldeira Rodrigues

Publicado por:

Ewertom Caldeira Rodrigues

Estudante de Jornalismo da Uniasselvi, Designer Gráfico, Social Media e Estagiário em Jornalismo

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )