Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sexta-feira, 12 de Abril de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Brasil/Mundo

EUA estão brincando com fogo, enquanto reservas de petróleo se reduzem

Veja como está agora as consequências econômicas da guerra da Ucrânia X Rússia no mundo

Simone Carvalhal
Por Simone Carvalhal
EUA estão brincando com fogo, enquanto reservas de petróleo se reduzem
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Imagens
Os EUA estão "brincando com o fogo", enquanto suas reservas de petróleo caem para a mínima de 40 anos em um momento em que os preços mundiais do petróleo bruto estão subindo novamente, afirmou o guru do mercado Larry McDonald em entrevista para o portal Markets Insider.
De acordo com o especialista, a queda das reservas de petróleo ressalta os riscos crescentes para a segurança energética dos Estados Unidos.
As baixas reservas internas de combustível podem aumentar a dependência dos EUA das importações, tornando-os potencialmente mais vulneráveis às interrupções do fornecimento e à volatilidade dos preços no mercado mundial de petróleo, observa a publicação.
Além disso, destaca-se que o preço do Brent cresceu quase 30% desde o final de maio em meio a restrições adicionais à produção de petróleo na Arábia Saudita e na Rússia. significa que com menos produto, o preço sobe. Ambos os países anunciaram recentemente que estão estendendo o corte até o final do ano.

No último ano e meio, o governo dos EUA usou sua Reserva Estratégica de Petróleo como o maior amortecedor contra a volatilidade nos preços mundiais da energia. No ano passado, vendeu 180 milhões de barris dessas reservas para se defender contra os altos preços do petróleo e reduzir a inflação recorde.

À medida que os preços do petróleo sobem, enfatiza-se que a situação só poderia exacerbar as pressões inflacionárias no país, potencialmente forçando o Federal Reserve a manter as taxas de juros altas por
 
Rússia aumenta exportações de derivados de petróleo para o Brasil, superando E.U.A.
O Brasil aumentou a importação de produtos petrolíferos da Rússia em agosto deste ano para 920 mil toneladas, o que é três vezes mais do que os volumes adquiridos dos Estados Unidos, segundo a base de dados da alfândega brasileira.
 
O Brasil aumentou a importação de produtos petrolíferos da Rússia em agosto deste ano para 920 mil toneladas, o que é três vezes mais do que os volumes adquiridos dos Estados Unidos, segundo a base de dados da alfândega brasileira.
Os cálculos indicam que no mês passado o Brasil aumentou em 2,1 vezes as compras de derivados de petróleo da Rússia, ao mesmo tempo que o custo das importações aumentou 2,4 vezes, para US$ 672,8 milhões (cerca de R$ 3,3 bilhões). Para Moscou, este é um recorde absoluto de embarques para Brasília tanto em termos monetários quanto absolutos.
O segundo maior fornecedor foram os Estados Unidos, que reduziram as exportações em um terço, para 311,3 mil toneladas, enquanto suas receitas diminuíram 25%, atingindo um patamar de US$ 281,2 milhões (aproximadamente R$ 1,4 bilhão).
O terceiro lugar foi ocupado pela Índia.. De lá o Brasil importou 164,5 mil toneladas de derivados de petróleo no valor de US$ 155,2 milhões (cerca
de R$ 773,9 milhões), o que é 2,6 vezes mais em termos absolutos e 3,1 vezes mais em termos monetários que no mês anterior.
Além disso, mais de 100 mil toneladas de derivados de petróleo foram entregues ao Brasil por Países Baixos, Peru e Arábia Saudita.
Sobre a guerra, nos Estados Unidos fala-se sobre ¨inimaginável¨após sucesso das forças russas na linha de frente
 
Galeria de Imagem
 
 
A política dos EUA de enfraquecer a Rússia devido ao conflito ucraniano fracassou, e o Exército russo pode se tornar mais forte à medida que a luta continua, escreve o portal 19FortyFive.
"O Ocidente deve começar a contemplar o inimaginável, portanto, e avaliar as consequências para o Ocidente de uma vitória militar russa. Apoiar reflexivamente a Ucrânia com suprimentos militares 'pelo tempo que for preciso' pode em algum momento ter que tomar um assento traseiro para encontrar uma solução diplomática tolerável", observa-se na publicação.
De acordo com o autor do artigo, as Forças Armadas da Ucrânia podem
 

"Diante de uma ameaça existencial, a Rússia com armas nucleares, com seus vastos recursos naturais, poderia Kiev lançou uma contraofensiva em 4 de junho nas regiões a sul de Donetsk, Artyomovsk e Zaporozhie, lançando na batalha brigadas treinadas pela Aliança Atlântica e armadas com equipamentos estrangeiros. Como o presidente da Rússia, Vladimir Putin observou, o inimigo não conseguiu obter qualquer sucesso e os patrocinadores ocidentais estão claramente desapontados com esses resultados.

"Diante de uma ameaça existencial, a Rússia com armas nucleares, com seus vastos recursos naturais, poderia reunir o foco necessário para melhorar seu Exército até o ponto em que a Ucrânia acabe sendo incapaz de acompanhar o ritmo", escreve ele.

Leia Também:

 

Nos EUA, falam sobre ¨Inimaginável¨ após sucesso das forças russas na linha de frente.

"O Ocidente deve começar a contemplar o inimaginável, portanto, e avaliar as consequências para o Ocidente de uma vitória militar russa. Apoiar reflexivamente a Ucrânia com suprimentos militares 'pelo tempo que for preciso' pode em algum momento ter que tomar um assento traseiro para encontrar uma solução diplomática tolerável", observa-se  na publicação.

"Diante de uma ameaça existencial, a Rússia com armas nucleares, com seus vastos recursos naturais, poderia reunir o foco necessário para melhorar seu Exército até o ponto em que a Ucrânia acabe sendo incapaz de acompanhar o ritmo", escreve ele.

Kiev lançou uma contraofensiva em 4 de junho nas regiões a sul de Donetsk, Artyomovsk e Zaporozhie, lançando na batalha brigadas treinadas pela Aliança Atlântica e armadas com equipamentos estrangeiros. Como o presidente da Rússia, Vladimir Putin observou, o inimigo não conseguiu obter qualquer sucesso e os patrocinadores ocidentais estão claramente desapontados com esses resultados.
 

Gostou da matéria? Compartilhe com os amigos!

Acesse o nosso site

https://www.rcwtv.com.br/

Receba notícias da RCWTV no Whatsapp e fique por dentro das principais notícias que movimentam o nosso site! Participe do nosso grupo:
https://chat.whatsapp.com/EeSJvQx8kVA3J3kMmSevMw

Curta e siga nossas redes sociais!

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Comentários:
Simone Carvalhal

Publicado por:

Simone Carvalhal

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )