Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 13 de Julho de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Policial

Estudo da Polícia Civil de Minas Gerais contribui para diagnóstico de mortalidade

Protocolo desenvolvido pela PCMG aprimora registro de mortes por causas externas

A Notícia em Primeira Mão .
Por A Notícia em Primeira Mão .
/ 76 acessos
Estudo da Polícia Civil de Minas Gerais contribui para diagnóstico de mortalidade
PCMG
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) elaborou um protocolo que vem contribuindo significativamente para a qualificação de dados sobre mortalidade no estado. Esse projeto, essencial para embasar políticas públicas, visa melhorar a precisão e confiabilidade dos números relacionados às mortes por causas externas, sendo aplicável tanto em estudos sobre criminalidade quanto na área da saúde.

Parceria e publicação

O protocolo desenvolvido pela PCMG foi destacado no manual "Mortes por causas externas: qualificação dos registros inespecíficos", editado pelo Ministério da Saúde em colaboração com o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Essa publicação tem como propósito discutir e apresentar formas de aprimoramento do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), fundamental para compreender e lidar com o fenômeno da mortalidade.

Busca ativa de dados

A PCMG, por meio da Superintendência de Polícia Técnico-Científica, liderou uma busca ativa de dados internos que auxiliassem na identificação das mortes registradas de forma genérica. Isso permitiu consolidar informações que antes eram classificadas como inespecíficas, agregando mais precisão aos registros.

Publicidade

Leia Também:

Importância da qualificação

A médica-legista Polyanna Helena Coelho, coordenadora do projeto, ressalta a relevância desse processo, especialmente no esclarecimento das circunstâncias das mortes por causas externas. A declaração de óbito, muitas vezes, não especifica a natureza do evento fatal, e é essencial compreender as circunstâncias que levaram à morte para uma análise mais precisa.

Ferramenta para enfrentamento da violência

Além disso, a PCMG desenvolveu um protocolo semelhante para perícias em vivo, utilizando um software em parceria com a Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Essa ferramenta é essencial para analisar o perfil das vítimas e das circunstâncias de agressão, permitindo ações mais eficientes no combate à violência contra mulheres.

Protagonismo da PCMG

A PCMG desempenha um papel fundamental no estudo da violência contra a mulher em Minas Gerais, buscando diagnósticos sólidos para embasar intervenções e políticas públicas mais eficazes na prevenção da violência doméstica.

Integração de informações

O superintendente de Polícia Técnico-Científica, Thales Bittencourt de Barcelos, destaca a importância da estreita relação técnica entre a PCMG e as Secretarias de Saúde, visando a constante melhoria do Sistema de Informações sobre Mortalidade.

Com essas iniciativas, a PCMG demonstra seu compromisso em aprimorar a qualidade dos dados sobre mortalidade e contribuir para a construção de políticas mais eficazes no enfrentamento da violência e na promoção da saúde pública.

FONTE/CRÉDITOS: PCMG
Comentários:
A Notícia em Primeira Mão .

Publicado por:

A Notícia em Primeira Mão .

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )