Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Domingo, 19 de Maio de 2024
rcwtv
rcwtv

Saúde

Envelhecimento Acelerado no Brasil e no Continente Americano Reforça a Importância da Vacinação na Terceira Idade

Especialistas alertam que essa tendência acelerada requer atenção especial à saúde dos idosos

A Notícia em Primeira Mão .
Por A Notícia em Primeira Mão .
/ 146 acessos
Envelhecimento Acelerado no Brasil e no Continente Americano Reforça a Importância da Vacinação na Terceira Idade
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O envelhecimento da população é uma realidade que se torna cada vez mais evidente, não apenas no Brasil, mas também em todo o continente americano. Especialistas alertam que essa tendência acelerada requer atenção especial à saúde dos idosos, e a vacinação emerge como um instrumento crucial para garantir uma velhice saudável e autônoma.

Na recente Jornada Nacional de Imunizações, especialistas discutiram a importância dos calendários de rotina de vacinação para a terceira idade, enfatizando que estar vacinado não só previne doenças, mas também reduz o estresse no organismo e pode evitar problemas que poderiam se tornar crônicos.

O Programa Nacional de Imunizações (PNI), que celebrou seu 50º aniversário neste mês, oferece um calendário específico para a população idosa. Além das vacinas já conhecidas, como hepatite B, difteria e tétano, que são recomendadas desde a infância, idosos, especialmente aqueles acamados ou em abrigos, também devem receber a vacina pneumocócica 23-valente.

Leia Também:

Pessoas com mais de 60 anos também podem necessitar de outras vacinas, como a tríplice viral e a febre amarela, que contêm vírus vivos atenuados. Além disso, as campanhas anuais de vacinação contra a influenza e a vacinação contra a covid-19 são consideradas prioritárias para essa população.

A médica geriatra Maisa Kairalla, professora da Universidade Federal de São Paulo, destaca que infecções respiratórias, incluindo a influenza, o vírus sincicial respiratório e a covid-19, estão entre as maiores ameaças que podem ser prevenidas por meio da vacinação. Ela ressalta que o impacto dessas doenças em idosos pode ser devastador, levando a hospitalizações prolongadas e à perda da qualidade de vida e autonomia.

Outra preocupação é o herpes zoster, uma doença que afeta muitos idosos e que pode comprometer gravemente sua qualidade de vida. A incidência dessa doença aumenta com a idade e pode chegar a 50% entre os idosos que atingem os 85 anos de idade.

A Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) também recomenda que todos os idosos busquem a vacinação contra os pneumococos, utilizando as vacinas pneumocócicas valentes 13 e 15, disponíveis em clínicas particulares.

Os especialistas concordam que, embora o envelhecimento da população represente um desafio significativo, a vacinação é uma ferramenta eficaz para proteger a saúde e a qualidade de vida dos idosos. É fundamental que políticas públicas e a conscientização da população se alinhem para garantir que todos os idosos tenham acesso a essas medidas de prevenção que podem fazer toda a diferença em sua velhice.

Se você achou esta matéria interessante e relevante, compartilhe com seus amigos e familiares.


Para receber as principais notícias do dia na palma da sua mão, participe do nosso grupo no WhatsApp. Lá, você terá acesso a atualizações em tempo real. Não perca tempo, junte-se a nós agora: https://bit.ly/455qi8H

 
FONTE/CRÉDITOS: Canal Saúde Fiocruz
Comentários:
A Notícia em Primeira Mão .

Publicado por:

A Notícia em Primeira Mão .

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )