Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 02 de Marco de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Juiz de Fora

Em ano de recorde de inscrições, Pism tem baixo índice de ausência no primeiro dia

Edição de 2024 contou com a participação de mais de 43.700 candidatos e recorde de inscritos

A Notícia em Primeira Mão .
Por A Notícia em Primeira Mão .
Em ano de recorde de inscrições, Pism tem baixo índice de ausência no primeiro dia
Imprensa|Comunicação UFJF
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O primeiro dia de provas dos três módulos do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) 2024 da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) foi concluído no sábado, 9 de dezembro. O processo seletivo abrangeu cinco cidades: Juiz de Fora, Governador Valadares, Muriaé, Petrópolis e Volta Redonda.

De acordo com o balanço divulgado pela Coordenação Geral de Processos Seletivos (Copese), a edição de 2024 contou com um recorde de inscrições, contando com a participação de mais de 43.700 candidatos. Além disso, destacou-se pela baixa taxa de ausência no primeiro dia de prova, totalizando 5.755 candidatos ausentes, o que corresponde a 13,16% do total de inscritos. Em Juiz de Fora,  2.724 estudantes não compareceram ao Pism, em Governador Valadares foram registrados 1.053 ausentes, Muriaé contou com 743 ausências, Petrópolis teve 774 ausentes, e Volta Redonda registrou 461 candidatos que não compareceram. Os números ainda não contemplam os candidatos sabatistas, que realizam as provas na noite deste sábado, 9.

Segundo o edital do Pism, não há período de tolerância nem segunda chamada para quem perdeu a prova. O candidato que não esteve presente neste primeiro dia de exames está automaticamente excluído do processo, mas pode comparecer ao segundo dia, a título de experiência. Os gabaritos serão divulgados neste sábado, 9, após a finalização das provas dos candidatos sabatistas, no site da Copese.

Publicidade

Leia Também:

Neste sábado, os candidatos do Pism I e II responderam a questões objetivas e discursivas de Língua Portuguesa, Geografia, Matemática e Química. Já os candidatos do Pism III responderam a questões objetivas de Língua Portuguesa, Literaturas, Biologia e Matemática. As disciplinas das questões discursivas para candidatos que estão no terceiro módulo são específicas de acordo com a área do curso escolhido. 

O reitor da UFJF, Marcus David, destacou a importância do processo seletivo da Instituição, afirmando que é um momento crucial para a seleção de jovens que alimentam o sonho de ingressar em uma universidade pública ao longo de suas vidas. Ele enfatizou a necessidade de realizar um trabalho competente e dedicado para garantir que esses aspirantes alcancem seus objetivos.

Reitor da UFJF, Marcus David: “gostaria de, em primeiro lugar, desejar boa sorte a todos esses jovens. Que o seu sonho possa ser atingido.” (Foto: Carolina de Paula/UFJF)

“É importante ressaltar que neste Pism, nós estamos tendo um recorde de inscrições. Mais de 43 mil jovens estão procurando a Universidade através do Pism para poder cursar uma universidade pública de qualidade. Então, nesse momento eu gostaria de, em primeiro lugar, desejar boa sorte a todos esses jovens. Que o seu sonho possa ser atingido.”

Além disso, David fez questão de estender um profundo agradecimento a todos os trabalhadores e trabalhadoras da Universidade, reconhecendo o esforço dedicado à organização do evento. Neste ano, mais de 4 mil pessoas estiveram mobilizadas somente em Juiz de Fora, para a aplicação das provas. 

Alunos estão otimistas 

Os alunos ouvidos pela reportagem estão otimistas em relação ao segundo dia. Apesar da preparação, as provas de Matemática e Química apresentaram desafios significativos no primeiro dia, conforme relataram os estudantes. Por outro lado, eles destacam que as provas de Geografia e Português foram percebidas como mais acessíveis, com ênfase em questões que demandam capacidade de interpretação de texto.

Para André Silva, que prestou o Módulo II, e pretende ingressar no curso de Engenharia Computacional, “Português e Matemática tiveram muita interpretação de texto e Estatística, respectivamente. Em Matemática, torci muito para cair Estatística”, conta o vestibulando. 

Na avaliação da estudante Stefany Scaldini, que também está na última etapa, e escolheu o curso de Psicologia, o primeiro dia de provas foi tranquilo, sobretudo em relação às questões que abordaram os movimentos modernistas, na prova de Sociologia. A estudante espera que o nervosismo seja menor no segundo dia, para poder desenvolver as questões com mais tranquilidade.

A escritora mineira Carolina Maria de Jesus (1914-1977) foi a autora de grande destaque nas provas do Módulo II, na avaliação da estudante Gabriela Souza. A jovem veio de Paraíba do Sul, no interior do estado do Rio de Janeiro, para prestar o Pism. 

“Gostei muito de terem colocado ela, por conta da questão racial, por ela ter sido uma mulher periférica e, ainda assim, conseguiu ser uma escritora famosa. Nunca tinha visto isso antes, gostei muito dessa parte.” 

Responsáveis acompanham e torcem juntos 

“Eu abracei o sonho dela, então, para mim, é muito emocionante”, conta Fabiana Scaldini (esquerda), mãe de Stefany (direita) (Foto: Iris Faria/UFJF)

Os familiares dos candidatos marcaram presença no campus, acompanhando seus filhos durante a realização das provas. Fabiana Scaldini, artesã e mãe de Stefany, expressou seu envolvimento emocional com o processo. “Eu abracei o sonho dela, então, para mim, é muito emocionante. Quando me despedi dela, foi como se fosse a primeira prova. Tentei ficar tranquila para passar uma boa energia, mas a ansiedade de saber o resultado depois é maior.”

A psicóloga Rosimere Coutinho, 53, acompanhou a filha, Luiza, que presta o Módulo III com a intenção de entrar no curso de Direito. Para a mãe e profissional de psicologia, a presença dos pais é “crucial” junto aos candidatos. “Faço questão de compartilhar esse momento ao lado dela. Como psicóloga, incentivei-a a realizar um teste vocacional para explorar suas áreas de interesse. Apesar da indecisão no momento, percebo que a escolha é extremamente particular. Independentemente do caminho que ela decidir seguir, meu apoio será constante”, conta Rosimere. 

Para o militar reformado, Vicente Ferreira Filho, tanto os pais quanto os irmãos devem incentivar e orientar os alunos (Foto: Iris Faria/UFJF)

Vicente Ferreira Filho, 59, militar reformado de Santos Dumont, acompanhou seu filho, Zidane Romário, nas provas do Módulo III. Para o pai, tanto os pais quanto os irmãos devem incentivar e orientar os alunos, especialmente em termos de foco, dedicação, preparação e determinação.

Já a professora Claudete Gomes, 55, aguardou a sobrinha, Gabriela Souza, até o término da prova. Para a docente, o Pism é “uma oportunidade fantástica. Sou uma entusiasta dedicada do projeto Pism. Acredito que seja uma oportunidade extremamente valiosa, especialmente para os alunos de escolas públicas.”

Provas do domingo

A professora Claudete Gomes (direita) acompanhou a sobrinha, Gabriela (esquerda). A docente define o Pism como uma oportunidade “fantástica” (Foto: Iris Faria/UFJF)

Neste domingo, 10, os candidatos retornam às salas de aula para realizarem as provas do segundo dia do Pism. Os concorrentes dos Módulos I e II responderão a questões objetivas e discursivas de Literaturas, Biologia, Física e História. 

Os candidatos do Módulo III fazem questões objetivas de Física, Química, Geografia e História. Estudantes que concorrem a cursos das áreas de Economia e Administração e Humanas responderão a questões discursivas de Geografia, História e Filosofia. E os concorrentes aos cursos das áreas de Exatas e Saúde respondem a questões discursivas de Física e Química. 

O pró-reitor de Graduação, Cassiano Caon Amorim, recomenda que os candidatos cheguem com antecedência aos locais de prova, para que evitem o excesso de trânsito, e estejam atentos aos objetos que podem ou não levar. “O primeiro dia transcorreu como o planejado. Agora, os candidatos devem estar atentos ao uso do celular, que deve ser desligado e guardado no local indicado. Além disso, ter o cuidado de não portar outros aparelhos, como brincos, pulseiras e relógios, que são proibidos”, ressaltou.

Recursos

Os pedidos de recurso relacionados às formulações das questões e aos gabaritos de cada prova devem ser protocolados exclusivamente pelo candidato na próxima segunda-feira, 11, para provas dos três módulos, das 9h às 16h. As solicitações devem ser feitas on-line, na Área do Candidato, por meio de formulário próprio. 

É importante destacar que o pedido de recurso só será analisado se estiver devidamente preenchido, incluindo as razões específicas para cada questão ou gabarito contestado. Este processo visa garantir a transparência e a justiça na revisão das avaliações, assegurando que as contestações sejam fundamentadas e passíveis de análise pela banca examinadora.

O resultado dos recursos e o gabarito oficial serão divulgados até o dia 19 de fevereiro de 2024, no site da Copese. Após a decisão final, não cabe recurso. 

Resultado final

As notas das provas e o resultado final do módulo III serão divulgados em 31 de janeiro e 28 de fevereiro de 2024, respectivamente. 

Já as notas das provas dos Módulos I e II serão divulgadas dia 22 de março de 2024. O resultado final dos exames ficará disponível em 5 de abril de 2024. As informações serão disponibilizadas no site da Copese

Outras informações: copese@ufjf.br

 

FONTE/CRÉDITOS: Imprensa|Comunicação UFJF
Comentários:
A Notícia em Primeira Mão .

Publicado por:

A Notícia em Primeira Mão .

Portal de notícias criado em novembro de 2020 para informar a população sobre acontecimentos da cidade de Juiz de Fora e região.

Saiba Mais
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )