Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Política

Comissão aprova projeto que dispensa aposentado com sequelas de pólio de revisão pericial

Proposta ainda precisa ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara

Redação
Por Redação
Comissão aprova projeto que dispensa aposentado com sequelas de pólio de revisão pericial
Bruno Spada/Câmara dos Deputados
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Bruno Spada/Câmara dos Deputados
A relatora, deputada Laura Carneiro, recomendou a aprovação da proposta

A Comissão de Previdência da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 2641/21, que dispensa da avaliação pericial os aposentados por incapacidade permanente ou pensionistas do INSS com sequelas de poliomielite.

A medida beneficia aqueles que obtiveram o benefício por via judicial ou administrativa. Hoje essa regra de dispensa existe apenas para pessoas com pessoas com HIV/aids.

O projeto ainda vai ser analisado, em caráter conclusivo, na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Publicidade

Leia Também:

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Sem tratamento A proposta aprovada é do deputado Luiz Lima (PL-RJ). A relatora, deputada Laura Carneiro (PSD-RJ), deu parecer favorável. “Entendemos que os segurados acometidos de poliomielite também ensejam a dispensa permanente da perícia de revisão, pois é sabido que não há tratamento específico, sendo a vacinação a única forma de prevenção”, disse Laura Carneiro.

Ela apresentou uma emenda para deixar claro que a dispensa da reavaliação beneficia apenas aposentados e pensionistas com “sequelas” de pólio.

Regra atual O projeto altera a Lei de Benefícios da Previdência Social. Atualmente, o INSS pode convocar aposentados por invalidez ou pensionistas, cujos benefícios tenham sido concedidos judicial ou administrativamente, para avaliação pericial, sob pena de suspensão do pagamento.

FONTE/CRÉDITOS: Agência Câmara Notícias
Comentários:
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )