Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 18 de Maio de 2024
rcwtv
rcwtv

Juiz de Fora

Circuito 1964 promove atividades pelo resgate da memória e reafirmação dos Direitos Humanos

Eventos em Juiz de Fora durante todo o mês de abril

Isadora Benetelli
Por Isadora Benetelli
/ 412 acessos
Circuito 1964 promove atividades pelo resgate da memória e reafirmação dos Direitos Humanos
Prefeitura de Juiz de Fora
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O Circuito 1964 está em pleno vigor durante o mês de abril em Juiz de Fora, promovendo uma série de atividades voltadas para resgatar as memórias de resistência e fortalecer os valores democráticos e os Direitos Humanos. Este ano marca os 60 anos do golpe civil-militar no Brasil, e o circuito busca promover reflexões sobre esse período histórico.

Diversidade de eventos e participantes

As atividades, distribuídas por diferentes pontos da cidade, proporcionam espaços de diálogo e trocas de experiências entre diversas gerações. O objetivo é não apenas recordar os momentos de luta pela democracia, mas também fortalecer a perspectiva de que tais violações não se repitam.

Apoio e organização

O Circuito 1964 – História, Memória, Cultura e Resistência é uma iniciativa transdisciplinar construída por diversos setores da sociedade civil, com o apoio da Prefeitura de Juiz de Fora. O evento conta com a colaboração de entidades, coletivos, artistas e militantes, todos empenhados em resgatar e preservar a história do país.

Leia Também:

Destaque para o "Circuito Cineclubismo"

Entre as diversas atividades, destaca-se o "Circuito Cineclubismo", promovido pela Associação Cultural CineFanon. O projeto oferece a exibição gratuita de filmes e documentários que abordam questões relacionadas à cidadania, direitos humanos e justiça social. Além do entretenimento, o objetivo é promover debates e reflexões sobre temas relevantes para a sociedade.

Programação diversificada

A programação do Circuito 1964 inclui uma série de eventos, como palestras, peças de teatro, lançamento de livros, sessões de cinema e apresentações culturais. As atividades são direcionadas para diversos públicos, incluindo estudantes, comunidades periféricas, pessoas privadas de liberdade e a população em geral.

Confira a programação completa

Para quem deseja participar das atividades, é importante estar atento à programação completa do Circuito 1964. Os eventos ocorrem em diferentes datas e locais ao longo do mês de abril. Abaixo, segue uma lista das principais atividades programadas:

Confira a programação completa do Circuito 1964:

4/4 – Quinta-feira

19h - “Vivências Pretas na Ditadura” - Palestrantes Elza Rosa Lino e Adenilde Petrina. Auditório da Faculdade de Direito - UFJF

20h - Lugar de samba é na rua - Samba do Zezinho descomemora o golpe de 64" - Bar do Zezinho – Rua Moraes e Castro, 505, Passos.

5/4 - Sexta-feira

18h30 às 21h – 6ª Reunião Plenária do Instituto Gabriel Pimenta de Direitos Humanos. Depoimentos de Luiz Carlos Alves, Clodesmidt Riani Filho, Adryana Puri. Casa dos Conselhos – Rua Halfeld, 450, 7º andar, Centro.

19h - Conversa de professores e professoras: a Ditadura Militar em sala de aula. Com Adebiano Rodriguez. Sindicato dos Bancários – Rua Batista de Oliveira, 745, Centro.

20h - Peça Teatro Divulgação - Censura, não! - Fórum da Cultura - R. Santo Antônio, 1112 - Centro.

11/4 - Quinta-feira

19h - Circuito 1964 de Cineclubismo - Filme Osvaldão - de Vandré Fernandes, André Michiles, Fabio Bardella, Ana Petta. Com a presença do diretor Vandré Fernandes e convidados - Teatro Paschoal Carlos Magno – Rua Gilberto de Alencar, 1, Centro.

12/4 - Sexta-feira

13h30 - Circuito 1964 de Cineclubismo - Filme “Militares da Democracia: os militares que disseram NÃO”. A sessão contará com a presença do diretor Silvio Tendler. IF Sudeste - R. Bernardo Mascarenhas, 1283 - Fábrica

18h30 - Circuito 1964 de Cineclubismo - Filme “Osvaldão” de Vandré Fernandes, André Michiles, Fabio Bardella, Ana Petta. Com a presença do diretor Vandré Fernandes e convidados. Auditório OAB/JF - Avenida dos Andradas, 696, Morro da Glória.

21h – Eminência Parda: Show Brasil 70. Scenárium Gastrobar (antigo Empório Artesanal). Abertura da casa às 19h30.

13/4 - Sábado

8h - Augusto Gotardello - atividade de culminância - Escola Augusto Gotardello - R. Maj. Reinaldo Lawall, 110 - Caiçaras

13h - Feminikaos – com Punho de Mahin, Valla, Rosa Martins (discotecagem). Ciça Liberdade (performance) – Museu Ferroviário - Av. Brasil, 2001 - Centro

14/4 - Domingo

19h - Peça: Fábrica de Chocolates - Museu Ferroviário - Av. Brasil, 2001 - Centro .

18/4 - Quinta-feira

19h - Lançamento do livro “64 contra 64” - Teatro Paschoal Carlos Magno - Rua Gilberto de Alencar, 1, Centro.

19/4 - Sexta-feira

9h30 - Circuito 1964 de Cineclubismo - Filme Resplendor - Direção Claudia Nunes, Érico Campos Rassi – Escola Municipal André Rebouças - Rua Nicolau Schuery - Milho Branco .

19h – Sessão com o documentário “O Grande irmão” de Camilo Tavares” – convidada: Alessandra Chélest – mesa de debates. Teatro Paschoal Carlos Magno.

23/4 – Terça-feira

19h - Sessão com o filme “Batismo de Sangue” e o curta “Trago notícias de Fernando”. Convidada: Denise Assis, jornalista e mestra em Comunicação pela UFJF. Teatro Paschoal Carlos Magno - Rua Gilberto de Alencar, 1, Centro.

25/4 - Quinta-feira

16h - Atividade "Revolução dos Cravos" 50 anos - Calçadão - em frente ao Banco do Brasil.

19h - Mesa: A violência do latifúndio no Brasil – IGPDH - Casa dos Conselhos – Rua Halfeld, 450, 7º andar, Centro.

26/4 - Sexta-feira

13h30 - Circuito 64 de Cineclubismo – Filme: Calabouço 1968 - Um tiro no Coração do Brasil. Direção: Carlos Pronzato. Escola Estadual Marechal Mascarenhas de Moraes - R. Professora Noêmia Mendonça, 1 – Teixeiras.

29/4 - Segunda-feira

19h - Festival no Cine Theatro Central

30/4 - Terça-feira

19h – Lançamento do documentário sobre a Carta de Linhares - Teatro Paschoal Carlos Magno - Rua Gilberto de Alencar, 1, Centro.

Acompanhe nas redes sociais

Para mais informações e atualizações sobre o Circuito 1964, os interessados podem acompanhar as redes sociais do evento, como Instagram e Facebook.

Participação e memória

O Circuito 1964 representa não apenas uma oportunidade de reflexão sobre o passado, mas também um espaço para fortalecer os valores democráticos e os Direitos Humanos, promovendo a participação ativa da sociedade na construção de um futuro mais justo e igualitário.

FONTE/CRÉDITOS: Prefeitura de Juiz de Fora
Comentários:
Isadora Benetelli

Publicado por:

Isadora Benetelli

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )