Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 13 de Abril de 2024
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Política

Brasil defende centro integrado de cooperação policial em Manaus

Proposta é defendida pelos demais países que integram a Organização do Tratado de Cooperação Amazônica, que se reunirão na próxima semana na Cúpula da Amazônia, em Belém.

Redação
Por Redação
Brasil defende centro integrado de cooperação policial em Manaus
© Marcelo Camargo/Agência Brasil
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Leia Também:

O governo brasileiro está defendendo, junto aos demais países que integram a Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), a criação de um centro integrado de cooperação policial em Manaus (AM) e de um sistema integrado de tráfego aéreo.

A proposta deverá ser discutida durante a Cúpula da Amazônia, encontro que reunirá, nos dias 8 e 9 de agosto em Belém (PA), chefes de Estado de Brasil, Bolívia Colômbia, Guiana, Peru, e Venezuela. Por questões internas, Equador e Suriname ainda não confirmaram a presença de seus presidentes, mas enviará, pelo menos, representantes.

Notícias relacionadas:Alckmin assina contrato de gestão do Centro de Bionegócios da Amazônia.Presidente participa da Cúpula da Amazônia nos dias 8 e 9 de agosto.De acordo com o embaixador brasileiro André Correia do Lago, essas duas medidas favorecerão o combate às organizações criminosas que atuam na Amazônia. A preocupação abrange, além do combate a crimes ambientais, ações contra o tráfico de drogas na região.

Tratado

Organização intergovernamental formada pelos oito países amazônicos, a OTCA foi criada a partir da assinatura do Tratado de Cooperação Amazônica, em 1978. É do único bloco socioambiental da América Latina.

Segundo o embaixador André Correia do Lago, esse tratado foi elaborado inicialmente com o objetivo de favorecer o equilíbrio entre preservação ambiental e desenvolvimento da economia da região.

“Ele, no entanto, não continha a parte da participação social, que agora é considerada fundamental, uma vez que não existe Amazônia sem os amazônidas”, disse ele nesta segunda-feira, durante entrevista aos jornalistas no Itamaraty sobre a Cúpula da Amazônia.

Ainda em Belém, está previsto um evento prévio à cúpula, entre os dias 4 e 6 de agosto. O Diálogos Amazônicos contará com a participação de representantes de entidades, movimentos sociais, academia, centros de pesquisa e agências governamentais do Brasil e demais países amazônicos.

FONTE/CRÉDITOS: Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil
Comentários:
rcwtv
rcwtv

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )