Anúncios Airlitgh

RCWTV - Sua fonte de notícias de Juiz de Fora e região.

Sabado, 18 de Maio de 2024
rcwtv
rcwtv

Geral

Lindolfo Hill - um outro olhar para a esquerda 03

Série Lindolfo Hill - Apresentação

Alexandre Müller Hill Maestrini
Por Alexandre Müller Hill...
/ 159 acessos
Lindolfo Hill - um outro olhar para a esquerda 03
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

ARTIGO ANTERIOR - 02 PREFÁCIO

Por Fernando Luiz Eliotério Ex-presidente do PCdoB de Juiz de Fora Primeiro Candidato do PCdoB a prefeito de Juiz de Fora, em 2020.

Publicidade

Leia Também:

Juiz de Fora se destaca muito cedo, ao eleger Lindolfo Hill, o primeiro vereador comunista da cidade, em 1947, com a segunda maior votação entre os eleitos. Diante da informalidade do partido naquela época ele foi eleito pelo PTB. Atualmente o Comunismo é legítimo e legalizado, porém ainda é demonizado por setores que não compreendem a democracia e o real significado da palavra (do latim communis: comum, universal), uma ideologia política e socioeconômica, que pretende promover o estabelecimento de uma sociedade mais igualitária. Vivenciei a dura realidade do preconceito racial e partidário, quando do lançamento e durante o processo e campanha eleitoral a qual disputei a prefeitura de Juiz de Fora pelo PCdoB.

Ainda reflexo de bombardeios com imagens nefastas das atividades comunistas que supostamente “matavam gente dormindo, estupravam e assaltavam” visão maniqueísta criada sobre o comunismo. Em 2020, na disputa pela PJF, me vi em pleno ano de 1937/1938, na histeria anticomunista por alguns grupos. Lindolfo Hill, Juiz-forano nato, nascido em 1917 na Avenida Américo Lobo, no Bairro Manoel Honório, perde o pai com um mês de idade. Triste situação parecida com a minha que perdi meu pai com 10 meses de idade. Lindolfo Hill seguiu a profissão de seu pai como pedreiro. Uma vez mais coincide com meu trabalho em Juiz de Fora: ajudante de pedreiro, chegando a trabalhar de pedreiro.

Lindolfo Hill começa sua militância ainda jovem, com 17 anos. Novamente coincide com o início de minha militância em Juiz de Fora no movimento jovem, estudantil e movimento negro. Não podemos permitir que sejam esquecidos, ou mesmo apagados, os importantes feitos e obras desse que considero ícone comunista e lutador juiz-forano. Jamais deixaremos deturpar e cair no esquecimento essa importante e comovente história. Faz-se necessário que essa obra pensada por Alexandre Müller Maestrini contribua para imortalização da figura de Lindolfo Hill e torná-lo símbolo não só do município de Juiz de Fora, mas de um cidadão honrado e mostrando sua importância para a conquista da democracia no Brasil.

Lindolfo Hill teve atuação marcante no Sindicato da Construção Civil de nossa cidade, inclusive presidindo o sindicato no período de 1942 a 1945. Primeiro Presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário no Estado de Minas Gerais (FETICOM- MG). Ajudou a fundar o Movimento Unificador dos Trabalhadores (MUT). Participou como Delegado Nacional do Congresso Sindical Mundial em Paris entre os dias 20-09 a 08-10-1945. Lindolfo Hill dedicou sua vida ao partido, à liberdade política, às causas sociais e à família. Em seu tempo, lutou pelo direito à cidadania plena e pelo direito às próprias opiniões que eram repreendidas.

Essa obra tem a finalidade de que forças sejam mobilizadas para o resgate de suas referências através de documentos da injusta cassação de seu mandato de vereador na câmara municipal. Documentos esses extraviados e “confiscados”, em 1950 e em 1964, sendo que, até a presente data, não fazem parte do arquivo da Câmara Municipal de Juiz de Fora. Declaração de Lindolfo Hill: “Sem participação direta e ativa do proletariado na vida política não pode haver democracia”. Boa leitura! 

ARTIGO SEGUINTE - 04 IMPRESSÕES

Comentários:
Alexandre Müller Hill Maestrini

Publicado por:

Alexandre Müller Hill Maestrini

Alexandre Müller Hill Maestrini é professor de alemão no Instituto Autobahn e autor de quatro livros: Cerveja, Alemães e Juiz de Fora, Franz Hill – Diário de um Imigrante Alemão, Lindolfo Hill – Um outro olhar para a esquerda e Arte Sutil.

Saiba Mais
https://rezato.com.br/
https://rezato.com.br/

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )